Médicos atualizam estado de saúde de Paulo Gustavo; saiba como ele está

Novo boletim médico de Paulo Gustavo foi divulgado na tarde desta segunda-feira (19)

A assessoria de imprensa de Paulo Gustavo divulgou na tarde desta segunda-feira (19) o novo boletim médico atualizando o estado de saúde do ator, internado desde o dia 13 de março por conta da Covid-19.

De acordo com as novas informações, o quadro geral de saúde do ator apresenta uma sensível melhora, apesar de ainda ser considerado grave.

Paulo Gustavo sorriMédicos apontam sensível melhora de Paulo Gustavo – Foto: Instagram/Reprodução

Segundo o boletim, não houve mais complicações nos últimos quatro dias e a situação é estável, com sinais de recuperação das funções pulmonares e resposta a pequenos estímulos.

Apesar da evolução, Paulo Gustavo ainda precisa do auxílio de respirador artificial e de ventilação mecânica.

Confira abaixo o boletim na íntegra:

“COMUNICADO

Internado desde 13 de Março, no Rio de Janeiro, com quadro de COVID-19, Paulo Gustavo segue em terapia intensiva e permanece em situação grave, mas apresentando melhora.

Após intervenções como broncoscopias e alguns procedimentos cirúrgicos, os problemas mais urgentes foram contornados.

Hoje, a assessoria de imprensa do ator emite novo boletim médico informando que:

‘Felizmente, não surgiram novas complicações nos últimos quatro dias.
O quadro clínico do paciente, embora ainda preocupante, é de estabilidade, com alguns sinais mais evidentes de recuperação das funções pulmonares. Também verificamos boa responsividade aos pequenos estímulos.

Ainda há necessidade de mantermos a ECMO, assim como a ventilação mecânica.’

A família do ator agradece todo o carinho e orações e pede que continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus”. 

Tratamentos que dão resultado

Um dos fatores que fazem com que a resposta de Paulo Gustavo seja positiva são os tipos de tratamento que ele vem recebendo desde a internação. O principal deles é o ECMO (oxigenação por membrana extracorpórea).

O ator está em tratamento com o aparelho desde o dia 2 de abril, quando o quadro clínico se agravou mesmo após ele ser intubado, já no dia 22 de março.

Apesar da gravidade do quadro, as sensíveis melhoras que o ator apresenta deixam a equipe medica, a família, os amigos e fãs esperançosos, já que o tratamento tem até 80% de eficácia.

“Usamos quando a ventilação mecânica já falhou. Se o paciente não for conectado no ECMO a chance de sobreviver é próxima a zero. Os registros internacionais mostram uma recuperação de 50 a 80% de sucesso. Então o paciente sai de zero, ou próximo disso, para até 80% de chance de viver”, explicou o cirurgião-vascular Diego Gaia, coordenador de ECMO no Hospital Santa Catarina, em São Paulo, em entrevista ao ND+.

Como o paciente respira com pulmão artificial?

A ECMO é um tratamento que acontece há mais de 15 anos e é usado por pacientes que apresentam inflamações graves nos pulmões e no coração. O médico explica como é o funcionamento da máquina:

“O aparelho retira o sangue do paciente sem oxigênio e com muito gás carbônico com um tubo na virilha do paciente. A máquina faz a troca do gás carbônico pelo oxigênio e devolve o sangue pelo pescoço rico em oxigênio. O aparelho vai respirar pelo paciente”, ensina Gaia. E completa:

“É uma máquina que pode fazer tanto as funções do pulmão quanto do coração. Quando o paciente está em ECMO, ele pode ser desligado do respirador. Com isso, ganha um tempo para o pulmão se recuperar da infecção pela covid e então voltar a respirar sozinho”, conta.

+

Saúde