Moacir Pereira

Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Médicos repudiam governo pela nomeação do Diretor do Hospital Infantil

Em "Nota de Repúdio" eles atribuem nomeação ao secretário André Mota Ribeiro, amigo do diretor nomeado

O Corpo Clínico do Hospital Infantil Joana de Gusmão (HIJG), de Florianópolis, está divulgando uma contundente nota de repúdio contra ato do governador Carlos Moisés da Silva ao nomear o farmacêutico Maxiliano de Oliveira, para a direção geral do hospital.

O nomeado era chefe de gabinete da prefeitura de São João Batista, cujo titular filiado ao PP perdeu as últimas eleições.

Eles atribuem nomeação ao secretário André Mota Ribeiro, amigo do diretor nomeado – Foto: Paulo Goeth/SESSC/Divulgação/NDEles atribuem nomeação ao secretário André Mota Ribeiro, amigo do diretor nomeado – Foto: Paulo Goeth/SESSC/Divulgação/ND

A nomeação é considerada exclusivamente política feita pelo secretário da Saúde, André Mota Ribeiro, amigo pessoal do indicado. A “Nota de Repúdio”, em forma de “Carta Aberta à Sociedade Catarinense”,  tem o seguinte teor:

“O Corpo Clínico do Hospital Infantil Joana de Gusmão (HIJG) vem a público manifestar sua indignação diante dos Atos do Governo do Estado de Santa Catarina e da Secretaria do Estado da Saúde relacionados a gestão administrativa dessa renomada Instituição, em especial, devido à nomeação de caráter estritamente político para o cargo de Diretor Geral.

Desde sua inauguração, em 1979, o Hospital Infantil Joana de Gusmão (HIJG) é reconhecido pela sociedade catarinense como referência em atendimento pediátrico de alta complexidade no Estado de Santa Catarina. Historicamente, sempre contou com diretores escolhidos pela sua capacidade técnica e profundo conhecimento da Instituição.

Em 04 de janeiro de 2021, o Superintendente dos Hospitais Públicos Estaduais, Dr. MÁRCIO MESQUITA JÚDICE, apresentou formalmente, o médico DR. ROBERTO TOBALDINI, como novo Diretor Geral a todas as chefias e funcionários do hospital. Profundo conhecedor do hospital, DR. ROBERTO TOBALDINI possui formação e extensa experiência em GESTÃO HOSPITALAR, que o qualifica para administrar um hospital desse porte.

DR ROBERTO TOBALDINI exerceu a função de Diretor Geral, no período de 4 de janeiro até 02 de fevereiro de 2021, período em que apresentou proposta de uma gestão de carácter participativo e profissional, demonstrando excelência, sendo que já colocou em curso vários projetos, garantindo ampla aprovação do corpo funcional dessa Instituição.

Surpreendentemente, em 03 de fevereiro do corrente ano, o Governador do Estado de Santa Catarina, nomeou o senhor MAXILIANO DE OLIVEIRA para exercer o cargo, a partir de 03/02/2021. Referida nomeação trata-se de um ato de cunho estritamente político, considerando que, desde 4 de janeiro, já ocupava, em caráter precário, o cargo de Diretor do HIJG o senhor DR. ROBERTO TOBALDINI.

Assim sendo, o Corpo Clínico e a Diretoria Técnica declaram REPÚDIO ABSOLUTO à nomeação política para a Direção Geral do HIJG, e reivindicam o retorno imediato do DR. ROBERTO TOBALDINI à função de Diretor Geral, com a sua definitiva nomeação.”