Mesmo com classificação alterada, Planalto Norte mantém suspensão do transporte público

Região passou de nível gravíssimo para nível grave nesta quarta-feira (5); apesar da suspensão, região não descarta que decisão possa mudar nos próximos dias

Apesar do Planalto Norte catarinense ter sido classificado com risco potencial grave, os municípios da região continuam com a suspensão do transporte público. A decisão tem como base o decreto estadual  que suspendeu a circulação na região até o dia 9 de agosto.

Mafra está entre as cidades do Planalto Norte que segue com o transporte público suspenso – Foto: Polícia Militar de Mafra

Porém, segundo a secretária de Saúde de Rio Negrinho, Maria de Fátima Mendes Afonso, a decisão pode mudar após uma nova reunião entre os municípios que compõe a região.

“Pode ser que a gente se reúna hoje ou amanhã e decida pela volta do transporte público. Isso é até uma necessidade que já levamos junto ao Governo do Estado”, explica.

Na última resolução publicada pela Comissão Intergestores Regional de Saúde do Planalto Norte catarinense, que reúne representantes de todas as cidades que formam a região, foi determinado que o transporte público e intermunicipal seria normalizado “de acordo com as determinações emanadas para a região de saúde pelo Governo do Estado”.

Mafra está entre as regiões em com classificação grave – Foto: Governo do Estado de Santa Catarina

Em nota, o Governo do Estado informou que a suspensão do transporte público segue até o prazo previsto no decreto

A região já contabiliza 28 mortes, segundo o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde. O município de São Bento do Sul é quem lidera o número de mortes, com oito óbitos.

+

Saúde