Ministério da Saúde recebe o primeiro lote da vacina 100% brasileira contra a Covid-19

Vacina contra o coronavírus foi desenvolvida integralmente no Brasil pelo Bio-Manguinhos, que faz parte da Fiocruz

O Ministério da Saúde recebeu o primeiro lote de vacinas contra a Covid-19 fabricadas integralmente no Brasil nesta terça-feira (22). O imunizante foi desenvolvido pelo Bio-Manguinhos (Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos), que faz parte da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), no Rio de Janeiro.

Ministério da Saúde recebe primeiro lote de vacinas produzidas integralmente no Brasil – Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil/NDMinistério da Saúde recebe primeiro lote de vacinas produzidas integralmente no Brasil – Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil/ND

Foram liberadas 550 mil doses feitas com matéria-prima brasileira que, segundo a Fiocruz, fazem parte de um contrato de 105 milhões de doses para o SUS (Sistema único de Saúde) neste ano, das quais 45 milhões serão nacionais.

As demais vão continuar sendo envasadas com IFA (ingrediente farmacêutico ativo) importado da China, o que já é feito desde o ano passado, quando o Bio-Manguinhos passou a produzir o imunizante da AstraZeneca/Oxford.

“A fundação já produziu um quantitativo de IFA nacional equivalente a cerca de 25 milhões de doses de vacina, das quais envasou 2,6 milhões de doses, incluindo as 550 mil já disponíveis. As demais (cerca de 2 milhões) estão em diferentes etapas para liberação”, acrescenta a entidade em comunicado.

*Com informações do R7.

+

Saúde

Loading...