Mofo e sujeira no Hospital Regional de Joinville chocam pacientes e familiares

Situação na ala de cardiologia ganhou destaque após a denúncia da familiar de uma paciente na internet

A situação de uma ala do Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, em Joinville, no Norte de Santa Catarina, tem impressionado os moradores da cidade nos últimos dias, e não é por um bom motivo.

As fotos do setor de cardiologia do hospital foram divulgadas na internet por Val Meurer Silva, moradora de Balneário Barra do Sul que acompanha a mãe, de 80 anos, internada no hospital há 20 dias.

Familiar de idosa internada denunciou as condições do Hospital Regional na internet – Foto: Val Meurer/Arquivo pessoalFamiliar de idosa internada denunciou as condições do Hospital Regional na internet – Foto: Val Meurer/Arquivo pessoal

“A questão não é somente o mofo causado pelas infiltrações, mas também a total falta de higiene nos banheiros e quartos. Os azulejos estão com crostas de sujeira”, fala Val.

A publicação feita por ela na internet na última sexta (15) tem vários comentários e compartilhamentos de pessoas chocadas pela situação. “Para um filho, ver a mãe em um lugar tão insalubre é muito triste. Uma pessoa idosa que precisa de cuidados especiais não pode ficar num lugar desses”, lamenta Val.

“Parabenizo os médicos e enfermeiras pelo ótimo trabalho que fazem, apesar da precariedade da estrutura”, complementa.

Local tem mofo nas paredes e no teto - Val Meurer/Arquivo pessoal
1 4
Local tem mofo nas paredes e no teto - Val Meurer/Arquivo pessoal
Azulejos têm crosta de sujeira - Val Meurer/Arquivo pessoal
2 4
Azulejos têm crosta de sujeira - Val Meurer/Arquivo pessoal
Pacientes foram transferidos do quarto - Val Meurer/Arquivo pessoal
3 4
Pacientes foram transferidos do quarto - Val Meurer/Arquivo pessoal
Secretaria disse que a situação se agravou com as chuvas - Val Meurer/Arquivo pessoal
4 4
Secretaria disse que a situação se agravou com as chuvas - Val Meurer/Arquivo pessoal

Ainda no dia da denúncia, a mãe dela e os demais pacientes de um dos quartos foram transferidos para outros setores para que o ambiente fosse higienizado e continuam em outra área do hospital.

A Secretaria de Estado da Saúde, responsável pelo hospital, enviou nota sobre o assunto:

O Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, de Joinville, informa que a limpeza do quarto em questão já estava programada para ocorrer neste final de semana, sendo que em alguns locais a limpeza já foi finalizada. O setor fica em uma área adjacente à mata e, consequentemente, facilita a propagação de mofo. Além do mais, a grande quantidade de chuvas nas últimas três semanas em Joinville agravou a situação.

O HRHDS ressalta que a alta procura por leitos na instituição demanda uma organização entre diversos setores e processos para que os leitos possam ser bloqueados e paredes e teto consigam ser higienizados, visto que é necessário o uso de produtos químicos com forte odor, o que pode causar desconforto e sensibilidade.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...