Moradora da Lagoa da Conceição morre de Covid-19 no RS

Vera Maria Barth, de 67 anos, foi transferida para o Rio Grande do Sul após aguardar nove dias por um leito de UTI; ela morreu nesta terça-feira (6)

“Guerreira e generosa”. Assim a professora aposentada Vera Maria Barth, de 67 anos, que morreu de Covid-19 na madrugada desta terça-feira (6), é lembrada por familiares e amigos.

Ela foi uma das moradoras da Lagoa da Conceição atingidas pelo rompimento da estação de esgoto tratado da Casan, em Florianópolis, no dia 25 de janeiro.

Vera morre por Covid-19Dona Vera morreu de Covid-19 após ser transferida de Santa Catarina para o Rio Grande do Sul por falta de vagas de leitos de UTI – Foto: Divulgação/ND

O desastre atingiu 66 pessoas e 35 edificações, das quais nove sofreram interdição provisória e seis foram interditadas para demolição após vistoria da Defesa Civil. Para discutir indenizações e posicionamentos, foram realizados diversos encontros entre moradores e a Casan.

Entretanto, segundo a Casan, a moradora jamais participou das reuniões da comissão de negociação com a Companhia.

Após ficar nove dias na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Continente aguardando por um leito de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), a moradora foi transferida no dia 20 de março para um hospital em Monte Negro, no Rio Grande do Sul.

Segundo a amiga Andrea Vieira Zanella, o filho de dona Vera foi quem conseguiu o transporte particular.

Dona Vera vivia na Lagoa da Conceição há mais de duas décadas - Leo Munhoz/ND
1 2

Dona Vera vivia na Lagoa da Conceição há mais de duas décadas - Leo Munhoz/ND

A moradora é lembrada por amigos como
2 2

A moradora é lembrada por amigos como "muito guerreira e generosa" - Leo Munhoz/ND

Além disso, a amiga comenta que a generosidade da aposentada era visível, inclusive nos momentos de maior dificuldade que os moradores enfrentaram neste ano, com o rompimento da estrutura da Casan.

“Todo final de tarde ela preparava sanduíches e distribuía aos moradores que estavam limpando suas casas.” Ela completa que Vera sempre foi “uma pessoa voltada para o coletivo, muito guerreira e generosa”.

O vereador Marquito (PSOL) compartilhou uma nota de pesar no Facebook, em que ressalta a generosidade de Vera.

“Deixará marcas nos corações de todas e todos que a encontraram, e sua memória estará presente quando sentirmos o cheiro do álcool com cravo e dos óleos essenciais que a acompanharam, e foram doados por ela para o cuidado com o bem-estar do próximo.”

Com muita tristeza, comunicamos o falecimento da querida companheira Vera Maria Barth nesta madrugada (06 de abril),…

Posted by Marquito – Marcos José de Abreu on Tuesday, April 6, 2021

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde