Moradores de Canoinhas têm registro de aplicação de vacinas ‘trocadas’

Município alega 'marcação equivocada’ e garante que imunizante aplicado nas duas doses é do mesmo laboratório

A carteirinha de vacinação se tornou um item indispensável e daqueles que as pessoas fazem questão de guardar com carinho, afinal, a vacina contra a Covid-19 tem sido muito aguardada pela população.

Carteirinha aponta registro de doses diferentes da vacina contra a Covid-19 em Canoinhas – Foto: Divulgação/NDCarteirinha aponta registro de doses diferentes da vacina contra a Covid-19 em Canoinhas – Foto: Divulgação/ND

No entanto, em Canoinhas, no Planalto Norte de Santa Catarina, os registros das duas doses da vacina de duas moradoras chamou a atenção e foi alvo de reclamação e explicação da Secretaria de Saúde do município.

A primeira dose, da vacina Astrazeneca, do laboratório Fiocruz, foi aplicada no dia 3 de junho e, nesta terça-feira (17), chegou o momento da segunda dose. Mas, o registro feito na carteirinha chamou a atenção. Na anotação, a segunda dose seria do laboratório Butantan, o que mostra uma troca de vacinas. O município alega que “a marcação da carteirinha foi feita equivocada” e que as duas pessoas receberam a segunda dose da Astrazeneca.

A Secretaria de Saúde afirmou que ainda na terça-feira entrou em contato com as pessoas explicando a situação. “Mesmo se as pessoas tivessem recebido doses de vacinas diferentes não haveria risco para a saúde, segundo o Ministério da Saúde. Ainda assim os pacientes serão acompanhados pelo setor de epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde”, informou o município por meio de nota.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...