Morre de Covid-19 o Capitão Tom Moore, que arrecadou R$ 224 milhões para combater o vírus

Veterano gravou um vídeo afirmando que completaria 100 vezes um circuito com seu andador se as pessoas doassem dinheiro para a saúde pública; Primeiro Ministro se solidarizou nas redes sociais

O capitão Tom Moore, veterano britânico da Segunda Guerra Mundial que protagonizou uma campanha de arrecadação de dinheiro para o sistema público de saúde do Reino Unido durante a pandemia da Covid-19, morreu aos 100 anos, nesta terça-feira (2), vítima da doença.

Capitão testou positivo para a Covid-19 na última semana de janeiro – Foto: Divulgação/NDCapitão testou positivo para a Covid-19 na última semana de janeiro – Foto: Divulgação/ND

“É com grande tristeza que anunciamos a morte de nosso querido pai, o capitão Sir Tom Moore”, informaram as filhas em um comunicado.

Durante o isolamento, Moore gravou um vídeo em que afirmou que completaria 100 vezes um circuito em seu próprio quintal, com seu andador, se as pessoas doassem dinheiro para a saúde pública de seu país. Foram arrecadadas mais de 30 milhões de libras (aproximadamente R$ 224 milhões).

Internação

Hannah Ingram-Moore, filha do capitão, tinha anunciado que Tom havia contraído a doença.

“Nas últimas semanas ele estava sendo tratado para pneumonia, e na semana passada testou positivo para Covid-19. Ele estava em casa conosco até hoje, quando ele precisou de ajuda adicional com sua respiração. Ele está sendo tratado em uma enfermaria, embora não esteja em UTI (unidade de terapia intensiva) ”, disse ela.

Moore não chegou a receber a vacina contra a Covid-19 porque estava em tratamento contra a pneumonia. Boris Johnson, o primeiro-ministro do Reino Unido, se solidarizou com o veterano pelo Twitter. “Você inspirou toda a nação e sei que todos desejamos uma recuperação total”, escreveu.

+

Saúde