Morre sargento Hoffmann, aos 51 anos, em Joinville

O instrutor da Escola Técnica de Segurança teve complicações decorrentes da Covid-19

O sargento Alfredo Pedro Hoffmann, de 51 anos, que atuava como instrutor na Etese (Escola Técnica de Segurança), em Joinville, no Norte de Santa Catarina, morreu nesta sexta-feira (3). Ele teve complicações causadas pela Covid-19.

sargento Alfredo Pedro Hoffmann,Sargento morreu por complicações causadas pela Covid-19 – Foto: Internet/Reprodução/ND

Hoffmann teria sido acometido por um contágio de bactérias e, em seguida, teve múltipla falência de órgãos.

O velório começou às 16h desta sexta-feira, na capela da Igreja Quadrangular, na rua Inambú, bairro Costa e Silva, nº 700.

O sepultamento está marcado para sábado (4), às 11h, no cemitério Jardim das Flores, em Joinville. Sargento Hoffmann chegou a servir o Exército em Joinville. A instituição estará presente, com cornetas, na despedida.

Repercussão

Nas redes sociais, amigos e colegas manifestaram suas condolências. A página da Etese no Facebook, onde Hoffmmann atuava, prestou solidariedade aos familiares.

“As mais sinceras condolências pela perda de quem tanto contribuiu para a nossa história”, escreveram.

O 8ºBPM (Batalhão da Polícia Militar), em Joinville, também compartilhou se manifestou sobre a morte do sargento. “Um grande amigo do 8° Batalhão”, diz o texto.

 

“Área de segurança em luto. Ficam seus ensinamentos”, disse um amigo. “Impactado com a notícia da partida deste amigo de longos anos, instrutor de mais alto nível. Com certeza o Sargento Hoffman nos deixa um legado de aprendizado e conhecimento ímpar“, publicou outro internauta.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...