MPSC vai ouvir pais de jovem morto por Covid-19 no Hospital Florianópolis

Circunstâncias da morte do estudante Mateus Felippe de Souza, 21 anos, são investigadas pelo Ministério Público de Santa Catarina

O MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) irá ouvir os pais do jovem Mateus Felippe de Souza, 21 anos, morto pela Covid-19 em junho deste ano.

MPSC vai ouvir pais de jovem morto por Covid-19 no Hospital Florianópolis- Foto: Reprodução/Facebook/ND

As circunstâncias da morte do estudante de Direito são investigadas pelo órgão que também apura se o caso está relacionado com falta de medicamentos adequados para intubação de pacientes graves contaminados pelo novo coronavírus.

Andreia e Rivelino de Souza serão ouvidos na quinta-feira (10), às 14 h, na 33ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital.

Mateus morreu no dia 15 de julho após ficar 23 dias internado no Hospital Florianópolis, referência no tratamento da Covid-19 na Grande Florianópolis. Segundo a família, o estudante não tinha histórico de doenças graves nem comorbidades.

A data da morte de Mateus coincide com o período em que o Estado enfrentou falta de medicamentos.

O Ministério Público instaurou um procedimento para investigar o caso após ser questionado pela reportagem do nd+. O texto revelou que uma ata de reunião realizada entre o Ministério Público e a Secretaria de Saúde do Estado dava conta do uso de morfina para sedar o estudante.

A reportagem faz parte de uma série semanal, fruto de um projeto do nd+ com financiamento do Google sobre a pandemia de Covid-19 em Santa Catarina.

+

Saúde