Mulher descobre que tem duas vaginas em momento inesperado

Ela ainda tem dois úteros e conta como conviveu com os dilemas que isso gerou em sua vida

O comum do corpo humano de uma mulher é ter uma vagina, certo? Porém, isso não se aplica ao caso de Vic Au-Yeung, de 42 anos. Ela descobriu aos 16 anos que tinha dois úteros, mas não sabia até engravidar que teria dois colos do útero e dois canais vaginais.

Vic descobriu que tem duas vaginas. – Foto: Reprodução/Internet/Arquivo PessoalVic descobriu que tem duas vaginas. – Foto: Reprodução/Internet/Arquivo Pessoal

Vic é mãe de três filhos e detalhou os momentos conturbados que viveu na adolescência. Ela teve períodos menstruais tão fortes que teve episódios de desmaio e dor. Além disso, chegou a ouvir de médicos que não poderia engravidar.

A mulher recorda que usava quatro absorventes durante a noite a ainda assim precisava acordar para trocar de hora em hora.

“Quando eu tinha 16 anos, desmaiei na rua de dor e fui levada ao pronto-socorro, onde os médicos me disseram que eu tinha dois úteros e que nunca teria filhos como resultado, e esse foi o motivo dos meus períodos ruins. “Fiquei absolutamente devastada e completamente de coração partido. Senti como se meu futuro tivesse sido tirado de mim.”

O primeiro filho

Foi na gestação do primeiro filho, hoje com 23 anos, que Vic descobriu que tinha dois colos de útero e uma segunda vagina pequena. “Quando dei à luz, os médicos já sabiam sobre meus úteros, mas foi enquanto me examinava em trabalho de parto que perceberam que eu tinha dois colos do útero. Eu também tive um prolapso terrível depois que ela nasceu. Eles me disseram que era a pele dividindo minha vagina normal além de uma segunda que era indetectável, pois era tão pequena em tamanho.”

A descoberta levou a mulher a saber que tem SKF (Síndrome de Klippel-Feil). A condição óssea congênita ocorre quando pelo menos duas vértebras cervicais se fundem e ficam imóveis. A síndrome pode ser resultado de um gêmeo não se formar adequadamente no útero, e o bebê que sobrevive herdan dois órgãos reprodutivos.

Vic também desenvolveu a distonia, uma condição crônica relacionada ao SKF. Os músculos se contraem involuntariamente, trazendo movimentos repetitivos ou de torção.

Ela ainda foi diagnosticada com endometriose no estágio quatro e passou por cirurgia de histerectomia para tirar um dos úteros. Isso fez com que suas dores sumissem completamente. “Não sentir mais dor é absolutamente uma mudança de vida.”

Com informações do Portal Nova Mulher*

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Diversa+ na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...