Municípios da Grande Florianópolis adotam estratégias para aplicação da dose de reforço

Florianópolis e São José aplicarão a dose de reforço na residência de pessoas com dificuldade de locomoção e residentes de Instituições de Longa Permanência para Idosos

Santa Catarina iniciou, na última sexta-feira (10), a distribuição de imunizantes para a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em idosos. Dessa forma, os municípios da Grande Florianópolis pretendem adotar estratégias para o atingir este público.

Idosos que moram em Florianópolis receberam a dose de reforço em casa – Foto: Chaiana Muller/PMF/NDIdosos que moram em Florianópolis receberam a dose de reforço em casa – Foto: Chaiana Muller/PMF/ND

De acordo com a nota técnica de distribuição de doses para os municípios, foram enviadas 8.214 imunizantes, produzidos pela farmacêutica Pfizer, para as cidades da Grande Florianópolis iniciarem a aplicação em pessoas com 85 anos ou mais.

Além disso, outras 7.961 doses da vacina contra a Covid-19 serão enviadas até quarta-feira (15) para aplicação em idosos entre 80 e 84 anos, afirma a Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina), totalizando 16.175 doses da Pfizer.

Vale ressaltar que, até o início da noite desta segunda-feira (13), ainda não era possível saber quantas doses de reforço foram aplicadas nos municípios de Santa Catarina.

De acordo com a nota de orientação da Dive/SC, os municípios devem realizar o registro no Novo SI-PNI (Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização), do Ministério da Saúde. No entanto, os dados ainda não foram introduzidos na plataforma.

Ainda conforme a nota, os municípios devem manter o registro de aplicação até a inserção no sistema assim que estiver disponível.

Florianópolis

De acordo com o painel de monitoramento de vacinação do município, atualizado na noite desta segunda-feira (13), apenas três doses da vacina contra a Covid-19 de reforço haviam sido aplicadas.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis, o baixo índice se deve ao fato que as equipes ainda estão se organizando para visitarem as ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos).

Assim como a aplicação acontecerá em pessoas idosas de 90 anos ou mais em suas casas e nas de 85 a 89 anos com restrição de mobilidade. Vale ressaltar que a aplicação da dose de reforço não está acontecendo nos pontos de vacinação.

Conforme as notas de distribuição, Florianópolis recebeu 4.975 doses, na última sexta-feira (10), e 5.319 chegarão até quarta-feira (15), totalizando 10.294 imunizantes.

São José

Segundo a Prefeitura de São José, apenas 24 doses de reforço foram aplicadas em idosos acima de 85 anos até a noite desta segunda-feira (13).

Para auxiliar a imunização dos idosos, a prefeitura afirma que, além de seguir nos pontos de vacinação, elabora um plano para a aplicação nas casas de pessoas acamadas e com dificuldade de se movimentar. Assim como a vacinação nas 24 ILPIs no município.

De acordo com a pauta de distribuição da Dive/SC, 1.305 doses foram enviadas para aplicação em idosos com 85 anos ou mais e mais 994 chegarão para pessoas entre 80 e 84 anos.

Palhoça

A Secretaria de Saúde de Palhoça informou que a segunda-feira (13) foi de definições para os encaminhamentos referentes a aplicação da dose de reforço para os idosos, mas não divulgou detalhes. Além disso, a 3ª dose ainda não começou a ser aplicada.

O município recebeu 241 imunizantes para aplicação em idosos com 85 anos ou mais. Assim como receberá 473 doses da vacina contra a Covid-19 para pessoas entre 80 e 84 anos.

Biguaçu

A reportagem do ND+ entrou em contato com a prefeitura, mas não houve retorno. O município recebeu 386 doses para aplicação de idosos com mais de 85 anos e outras 80 chegarão para aplicação em pessoas entre 80 e 84 anos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...