“Não tinha onde pôr gente”: PAs de Joinville estão no limite do atendimento

Fontes ouvidas pelo ND+ relatam situação "terrível" nas unidades de saúde devido à Covid-19

O colapso no Estado por conta da Covid-19 já começa a trazer reflexos nas unidades de saúde de Joinville. Fontes ouvidas pelo ND+ afirmam que os Pronto Atendimentos da cidade estavam lotados e com demora no atendimento aos pacientes nesta quarta-feira (24).

PA Leste registrou demora no atendimento, segundo fontes ouvidas pelo ND+ – Foto: Rogerio da Silva/SECOMPMJ/PA Leste registrou demora no atendimento, segundo fontes ouvidas pelo ND+ – Foto: Rogerio da Silva/SECOMPMJ/

Uma enfermeira do PA Leste, que não quis se identificar, alegou que a situação “era terrível” e que o tempo de espera para atendimento chegou a 6h. “Tudo amontoado, não tinha onde pôr gente”, afirmou.

Já Adelir Amaral, que procurou atendimento nesta quarta no PA Sul, alega que uma enfermeira do local disse que, nesta semana, pacientes tiveram que ser transferidos para Três Barras, no Planalto Norte. Isto teria acontecido, segundo o funcionário, “pois não havia mais condição de atendimento na unidade”.

Por solicitação da reportagem do ND+, a Prefeitura de Joinville repassou quantas pessoas estão intubadas nos PAs e quantas aguardam atendimento para serem transferidas para os hospitais. Todos eles estão cadastrados na Central de Regulação de Leitos, e alguns já têm vaga garantida na UTI.

Confira:

  • PA LESTE: 2 para leitos de UTI / 8 para leitos de enfermaria;
  • PA SUL: 3 para leitos de UTI / 2 para leitos de enfermaria;
  • PA NORTE: 1 para leitos de UTI / 2 para leitos de enfermaria.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde