Ocupação de leitos de UTI cai em SC, mas sete hospitais estão lotados

Segundo a atualização desta terça-feira (1º), dos 67,9% dos 1.509 leitos disponíveis estão ocupados. Quatro regiões estão acima da média estadual

O mês de setembro inciou com o índice de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) mais baixo do que o visto nos números de agosto em Santa Catarina. Segundo a atualização desta terça-feira (1º), dos 67,9% dos 1.509 leitos disponíveis estão ocupados, o que significa que 1.025 leitos sendo usados. Destes, são 411 por pacientes da Covid-19 e 614 por quem possui qualquer outra enfermidade.

Joinville, epicentro no Estado, concentra o maior número de unidades lotadas  – Foto: Divulgação/ND

Esses números correspondem aos leitos da rede pública, que tem 219 pacientes em ventilação mecânica atualmente. Na rede privada, são 93 internados, dos quais 52 necessitam dos respiradores.

O índice de ocupação no Estado chegou a mais de 80% no começo de agosto e oscilou em torno de 70% nos últimos dias do mês.

Apesar de agora ele estar no menor índice desde o dia 8 de julho, há  sete hospitais que encontram-se sem leitos de UTI disponível, recurso essencial para atender pacientes mais graves da Covid-19.

As unidades com 100% da lotação em SC são:

  • Centro Hospitalar Unimed, em Joinville
  • Hospital Bethesda, em Joinville
  • Maternidade Darcy Vargas, em Joinville
  • Hospital Infantil Seara do Bem, em Lages
  • Hospital Santa Terezinha, em Braço do Norte
  • Hospital São José Maravilha, em Maravilha
  • Hospital Waldomiro Colautti, em Ibirama

A concentração em Joinville é vista há semanas, considerando que o município é o epicentro do vírus no Estado, com mais de 16 mil confirmações.

Apesar de ser da porção que mais demanda leitos no Estado, o Planalto Norte e Nordeste, a cidade já vivenciou a superlotação várias vezes.

São 312 leitos ativos na região, ocupados em 77,6%, índice que ainda é superado pela Grande Oeste, que aponta 81,8%. Apesar disso, três regiões têm um panorama mais ameno, ficando com pouco mais da metade da UTI ocupada.

Ocupação de leito de UTI por região:

  • Grande Florianópolis: 57%
  • Foz do Rio Itajaí: 58%
  • Grande Oeste: 81%
  • Meio-Oeste e Serra: 72%
  • Planalto Norte e Nordeste: 77%
  • Sul: 74%
  • Vale do Itajaí: 57%

Este índice é um dos critérios utilizados pelo Governo do Estado para medir o risco potencial de cada região semanalmente, o que pode desencadear liberações ou restrições mais amplas.

Estado teve 180 mil casos

O total de casos da Covid-19 é de 180.474 em Santa Catarina desde o início da pandemia, em março. Deste total, 2.301 pessoas morreram e 169.414 estão recuperados, enquanto outras 8.759 pessoas permanecem em acompanhamento.

A alta desta terça (1º) foi de 2.697 casos e 41 mortes, lembrando que esses dados se referem à contabilização, o que significa que os positivados ou as ocorrências de mortes não tenham necessariamente ocorrido neste dia. Um terço dos infectados no Estado são crianças e jovens. São mais de 53 mil dos infectados que tem até 29 anos.

+

Saúde