Hospitais lotam no Oeste de SC e oito pacientes com Covid-19 já esperam vagas de UTI

Taxa de ocupação geral em hospitais da região está em 98,12%, segundo dados do governo do estado

A região Oeste de Santa Catarina voltou a registrar fila de espera de pacientes com Covid-19 aguardando por leito especializado. Segundo dados do governo estadual, a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid está em 100%. Além disso, a taxa de ocupação geral nos hospitais da região está em 98,12%.

Hospital Regional do Oeste está lotado e pacientes aguardam por leitos – Foto: Arquivo/NDTV/ReproduçãoHospital Regional do Oeste está lotado e pacientes aguardam por leitos – Foto: Arquivo/NDTV/Reprodução

Devido ao aumento de casos ativos da Covid-19 na região, os hospitais voltaram a ficar sobrecarregados e acendeu um alerta para um novo colapso no sistema da saúde por conta da doença, como aconteceu em fevereiro e março deste ano. 

Com o agravamento da pandemia nas cidades do Oeste catarinense, os pacientes da região voltaram a ser transferidos para os hospitais de outras cidades do estado. No entanto, oito pessoas ainda aguardavam por leitos de UTI Covid nesta quinta-feira (10).  

Nas últimas semanas, a fila era considerada zerada, o que se manteve até o último domingo (6). Eram dois pacientes na espera na segunda-feira (7) e cinco na noite de quarta-feira (9). 

Os 20 leitos de UTI Covid do Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê, estão ocupados, assim como os 10 leitos do Hospital São José, em Maravilha. A situação se repete nos 24 leitos do Hospital Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste.

Para outras doenças, as unidades também estão cheias, com exceção do Regional do Oeste, com duas vagas de UTI adulto. Em todo estado, há 41 pessoas à espera de UTI, sendo o maior número do Norte e Meio-Oeste. A taxa de ocupação de UTIs adulto Covid em Santa Catarina é de 97,2%.

Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste. – Foto: Divulgação/NDHospital Regional Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste. – Foto: Divulgação/ND

 Chapecó 

Dois pacientes aguardavam no pronto-socorro do Hospital Regional do Oeste por leitos de UTI Covid em Chapecó, nesta quinta. Dos 102 leitos ocupados, 28 são por moradores da cidade e outros 76 de municípios da região.

São Miguel do Oeste

No Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste, dois pacientes aguardavam no pronto-socorro por leitos de UTI Covid. Os dados do boletim de quarta-feira. 

Xanxerê

Dois pacientes aguardavam leitos de UTI Covid nesta quinta-feira. 

Maravilha

Dois pacientes aguardavam nesta quinta-feira por leitos, sendo um deles já intubado. 

Casos ativos em Chapecó

Chapecó está com 589 casos ativos, segundo dados desta quinta, são 44 a mais que no boletim anterior. Além disso, 156 pessoas que estão com suspeita da doença. 

O Município já testou mais de 134 mil pessoas e já foram registrados 628 óbitos. Mais de 90 mil pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19. 

Duas mortes foram informadas no último boletim. São um homem de 35 anos, que morreu no dia 8 de junho, e uma mulher de 57 anos que veio a óbito nesta quinta.

Medidas de controle

As fiscalizações e medidas sanitárias foram intensificadas para evitar o contágio da doença. No início deste mês voltou a ter barreiras sanitárias no aeroporto e na rodoviária da cidade. A secretaria de Assistência Social também monitora os imigrantes que chegam à cidade.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde