OMS precisa de R$ 170,9 bilhões para ações de combate à Covid-19

Do valor total, R$ 18,57 bilhões já foram “prometidos”. Entre as metas estão a distribuição de testes para países pobres e também de vacina

A OMS (Organização Mundial da Saúde) lançou um chamado na sexta-feira (26) apontando a necessidade de arrecadar cerca de R$ 170,97 bilhões para as ações de combate à pandemia do novo coronavírus nos próximos 12 meses.

O orçamento calculado pela entidade visa financiar as estratégias da iniciativa conjunta batizada de Acelerador de Acesso das Ferramentas de Combate à Covid-19. Além da OMS, governos, empresas e entidades da sociedade civil estão envolvidos no projeto, lançado em abril.

OMS precisa de R$ 170,9 bilhões para ações de combate à Covid-19 – Foto: Imagem: creativeneko/Shutterstock.com/DivulgaçãoOMS precisa de R$ 170,9 bilhões para ações de combate à Covid-19 – Foto: Imagem: creativeneko/Shutterstock.com/Divulgação

Do total projetado, segundo a OMS R$ 18,57 bilhões já foram “prometidos”. Além disso, outros R$ 152 bilhões (US$ 27,9 bilhões) ainda não foram arrecadados. Deste montante, R$ 74,8 bilhões são “necessários urgentemente”, de acordo com comunicado da entidade.

Entre as metas para o uso dos recursos estão a entrega de 500 milhões de testes para países de renda média baixa (lower middle income countries) e 2 bilhões de doses de vacinas, das quais 1 bilhão devem ser disponibilizadas até o fim de 2021.

Leia também:

“O investimento é significativo, mas diminui o tamanho quando comparado o custo da Covid-19: o custo total do trabalho do acelerador é menos de um décimo do que o Fundo Monetário Internacional estima que a economia global está perdendo a cada mês devido à pandemia”, diz a OMS em comunicado.

A iniciativa envolve uma série de frentes de ação, como a oferta de diagnósticos, o desenvolvimento de vacinas e fortalecimento dos sistemas de saúde dos países.

+ Saúde