Operação fecha dois estabelecimentos por aglomeração em Chapecó

Por conta do aumento de casos, a Guarda Municipal e Vigência Sanitária intensificaram as fiscalizações no fim de semana

Uma operação da GM (Guarda Municipal) e da Vigilância Sanitária, que tem vistoriado estabelecimentos comerciais e espaços públicos a fim de evitar a propagação do coronavírus, encerrou duas festas na noite de domingo (7), em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.

Festas foram encerradas na noite de domingo (7) – Foto: Prefeitura de Chapecó/NDFestas foram encerradas na noite de domingo (7) – Foto: Prefeitura de Chapecó/ND

De acordo com a Prefeitura de Chapecó, após denúncia de aglomeração nestes locais, os agentes constataram que os dois estabelecimentos comerciais descumpriam às regras para conter o avanço da pandemia de Covid-19. 

“Foi observado a ausência de afastamento interpessoal de 1,5 metro entre cada cliente, formando aglomeração e deixando de cumprir com as normas sanitárias vigentes”, disse a Prefeitura de Chapecó em nota. 

As festas foram encerradas e os donos dos locais foram notificados quanto às irregularidades. 

Fiscalização 

O fim de semana foi de intensa fiscalização em Chapecó,  que iniciou na sexta-feira (5) e se estendeu para o sábado (6) e domingo. Ao todo foram mais de 20 estabelecimentos fiscalizados. Quatro foram fechados por descumprimento às normas sanitárias. Uma festa clandestina também foi encerrada na noite de sábado.

“Estamos em um período que exige mais cuidado por parte de todos. Isso passa pela consciência tanto do comerciante quanto do cliente que vai até o estabelecimento, em dar atenção a todos os cuidados necessários para a não proliferação do vírus”, complementa a nota. 

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde