Papa Francisco recebe 1ª dose de vacina da Covid-19

Afirmação é da imprensa italiana. A campanha de vacinação na cidade-estado começou nesta quarta-feira e pretende contemplar 5 mil habitantes

O papa Francisco, de 84 anos, foi vacinado contra a Covid-19 nesta quarta-feira (13). A data marca o primeiro dia da campanha de imunização voluntária no Vaticano. As informações foram confirmadas pela imprensa local.

De acordo com a revista jesuíta American Jesuit, que acompanha diariamente as notícias da cidade-estado, o pontífice passou pelo processo de imunização em um ambiente higienizado, previamente preparado para recebê-lo, um setor átrio do Salão Paulo IV.

No domingo (10), Francisco já havia se pronunciado a respeito da necessidade em apoiar as ações de combate à Covid-19, que estão sendo realizadas por diversos países do mundo.

“Não é opção, é ética”, declarou o representante católico, que recebeu a primeira dosagem do imunizante desenvolvido pela Pfizer com a BioNTech, a um jornal italiano.

Papa Francisco não celebrará missas de Ano-Novo por motivo de saúde
Porta-voz da Santa Sé, Matteo Bruni anunciou, também nesta quarta, que a campanha de vacinação na Cidade do Vaticano pretende beneficiar 5 mil pessoas, entre civis e funcionários oficiais.

As vacinas serão aplicadas em ordem de prioridade. Primeiro, serão contemplados idosos e profissionais da saúde residentes na cidade-estado.

Em seguida, os familiares de trabalhadores, cadastrados no Fundo de Assistência Sanitária. Apenas após esta fase, a população em geral receberá a vacina.

O papa emérito Bento XVI, 93 anos, segue em isolamento e, segundo o assistente pessoal Georg Gänswein reportou à Agência de Notícias Católica (CNA), está na fila para ser vacinado ainda nesta semana.

+

Saúde