Para tratar as sequelas da Covid-19, centro de reabilitação é aberto em Araranguá

Desde esta segunda-feira (20) Araranguá conta com Centro de Reabilitação Pós-Covid; cerca de 30 pessoas já realizam tratamento no local; confira

Após vencerem a batalha contra a Covid-19, algumas pessoas iniciam uma outra batalha. A de se recuperar das sequelas deixadas pela doença. Desde esta segunda-feira (20), Araranguá conta com um centro especializado neste atendimento.

Inaugurado na última sexta-feira (17), o Centro de Reabilitação Pós-Covid em Araranguá atende de segunda a sexta-feira das 13h às 17h. Ele está localizado na Rodovia Gov. Jorge Lacerda, n° 7198, no bairro Jardim das Avenidas.

Os atendimentos serão realizados através de parceria com campus de Araranguá na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

“Assim, vamos dar o acompanhamento devido aquelas pessoas que contraíram o vírus e necessitam de tratamento de longo prazo. Este, é mais um serviço prestado a nossa comunidade e que conta com a parceria da UFSC e seus profissionais”, salienta o prefeito de Araranguá, Cesar Cesa.

O Centro de Reabilitação, conta com espaço adequado, equipamentos e uma equipe especializada. O atendimento será acompanhado por fisioterapeuta.

Centro de Reabilitação Pós Covi-19 atende de segunda a sexta-feira das 13h às 17h em Araranguá - Divulgação/Prefeitura de Araranguá
1 3
Centro de Reabilitação Pós Covi-19 atende de segunda a sexta-feira das 13h às 17h em Araranguá - Divulgação/Prefeitura de Araranguá
Centro de Reabilitação Pós Covi-19 atende de segunda a sexta-feira das 13h às 17h em Araranguá - Divulgação/Prefeitura de Araranguá
2 3
Centro de Reabilitação Pós Covi-19 atende de segunda a sexta-feira das 13h às 17h em Araranguá - Divulgação/Prefeitura de Araranguá
Centro de Reabilitação Pós Covi-19 atende de segunda a sexta-feira das 13h às 17h em Araranguá - Divulgação/Prefeitura de Araranguá
3 3
Centro de Reabilitação Pós Covi-19 atende de segunda a sexta-feira das 13h às 17h em Araranguá - Divulgação/Prefeitura de Araranguá

Centro já inicia com atendimento de 30 pessoas

Aproximadamente 30 pessoas já começaram a receber os tratamentos pós Covid-19 no Centro. As sequelas provocadas pela doença nestes pacientes são na grande maioria fadiga muscular, dispnéia e cansaço para realizar os pequenos esforços do dia a dia.

”Sabemos que temos um número de pacientes considerável que necessitam de tratamento e uma boa parte já está recebendo nas unidades de saúde. Mas temos um grande contingente que precisará de atendimento mais específico, com especialistas fisioterapeutas”, comemora o secretário de Saúde, Dr. Henrique Besser.

+

Saúde

Loading...