Pensando em prótese de silicone? Tome sua decisão

O cirurgião Dimitri Cardoso Dimatos esclarece tudo o que você precisa saber para aumentar os seios

Edição: Alessandra Cavalheiro – Jornalista – Mtb 9771

A cirurgia plástica mais realizada no Brasil e no mundo é a Mamoplastia de Aumento, ou seja, colocação de prótese de silicone. Além da intenção de aumentar o seio, pode ser feita para deixar as mamas mais densas e montadas, não deixando elas perderem a projeção ao deitar.

“Ter seios pequenos ou flácidos é motivo de baixa autoestima e desconforto com o próprio corpo, e essa cirurgia, quando bem indicada, pode resolver esse problema”, aconselha o cirurgião plástico, Dr. Dimitri Cardoso Dimatos.

A cirurgia, para o conforto da paciente, é feita sob anestesia geral e leva em torno de uma hora. Quando há necessidade de retirar pele ou reduzir o tecido mamário, a cirurgia pode levar até quatro horas.

As próteses de silicone, hoje, têm garantia vitalícia, ou seja, não há indicação de serem trocadas após 10 anos. “É importante sempre a paciente informar-se sobre o silicone a ser utilizado. Economia nesse item pode ser crucial a longo prazo”, alerta o médico.

Cicatrizes são cada vez menores com o avanço da tecnologia, mas dependem do tamanho da prótese desejada. Elas podem ser feitas no sulco submamário (na dobra das mamas), periareolar (meia lua abaixo da aréola) ou pela axila.

Fotos/Divulgação – Foto: Saúde Mais

 

Quais os requisitos importantes para quem deseja realizar esta cirurgia?

  • Estar fisicamente saudável;
  • Ter expectativas realistas;
  • Seus seios estarem totalmente desenvolvidos;
  • Você estar insatisfeita com seus seios devido à perda de forma e de volume após a gravidez, à perda de peso ou ao envelhecimento.

O tamanho e a forma dos seios são importantes. O tipo e o tamanho do implante serão determinados respeitando não só a expectativa da paciente, mas também a harmonia do corpo, elasticidade da pele e tipo físico.

Mais detalhes e dicas

O método depende do tipo de implante, do volume pretendido, de particularidades anatômicas e de recomendações do cirurgião. Após a incisão, determina-se o local onde a prótese mamária será inserida. Veja as explicações do Dr. Dimitri:

  • Sob o músculo peitoral (colocação submuscular). Oferecemos às nossas pacientes a opção de utilização do Funil de Keller, que reduz significativamente riscos como possível contratura capsular.
  • Diretamente atrás do tecido mamário, sobre o músculo peitoral (colocação submamária / subglandular).

“Os resultados da cirurgia de aumento de mama são imediatamente visíveis. Com o tempo, o inchaço diminui. É importante sempre lembrar os três elementos da cirurgia segura: paciente saudável, hospital adequado e cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica”, alerta o médico.

– A recuperação é breve, mas deve-se cuidar para não erguer os braços nem levantar peso nas primeiras duas semanas.

– Dirigir também não pode por três semanas.

– Quanto mais cuidar nas primeiras semanas, mais breve será a sua liberação para atividades físicas, que devem ser avaliadas na recuperação.

 

Dr. Dimitri Cardoso Dimatos

Cirurgião Plástico

Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

CRM/SC 13001 RGE 9972

+

Saúde Mais