Prazo para aquisição de medidores de temperatura é prorrogado em Chapecó

Adiamento se deve a falta do equipamento na cidade. Determinação do uso na entrada de estabelecimentos comerciais foi anunciada no dia 13 de maio

O prazo-limite para que passem a ser exigidos os medidores de temperatura em estabelecimentos comerciais de Chapecó foi ampliado. O decreto foi assinado pelo prefeito de Chapecó, Luciano Buligon (PSL), na terça-feira (2), estende por mais 20 dias.

Aferidores – Foto: Foto: Alberto Coutinho/GOVBAAferidores – Foto: Foto: Alberto Coutinho/GOVBA

De acordo com a atualização, o novo decreto estabelece o prazo de 20 dias, a contar desta quarta-feira (3). Isso porque o município considerou a dificuldade de compra destes aferidores. 

A determinação do uso destes aferidores de temperatura na entrada de estabelecimentos comerciais foi anunciada no dia 13 de maio. 

Segundo a Prefeitura, nos casos em que for verificada a temperatura elevada caberá ao estabelecimento a comunicação imediata à autoridade de saúde e a orientação, ao identificado, de procurar atendimento médico.

Os equipamentos devem ser utilizados para monitorar a temperatura em todos os estabelecimentos e deve ser medida a temperatura de todas as pessoas, indistintamente. Isso inclui colaboradores, funcionários, clientes ou prestadores de serviço.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

+ Saúde