Primeira etapa do Corujão da Saúde realiza mais de 1.700 exames em Xanxerê

Objetivo da ação é zerar a fila de exames que estão reprimidos há meses

Com o objetivo de reduzir o tempo de espera por exames especializados, começou a funcionar na noite de segunda-feira (8), em Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina, o Corujão da Saúde. Os exames serão realizados após às 18 horas e também aos sábados, possibilitando aos pacientes fazer o exame com mais comodidade após o horário comercial.

Exames serão realizados após às 18h e também aos sábados para zerar a fila de exames reprimidos – Foto: Prefeitura de Xanxerê/Divulgação/NDExames serão realizados após às 18h e também aos sábados para zerar a fila de exames reprimidos – Foto: Prefeitura de Xanxerê/Divulgação/ND

O Corujão da Saúde será executado por prestadores de serviços de saúde, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. Nesta primeira etapa serão realizados 1.747 exames de ultrassonografia, densitometria, audiometria, Bera, ressonância magnética, endoscopia e videolaringoscopia.

O prefeito Oscar Martarello salientou que o Corujão da Saúde é um importante programa e que vai beneficiar um grande número de pessoas, reduzindo o tempo de espera por um exame.

“A nossa população ganha com o Corujão por ter um atendimento mais rápido e com a possibilidade de fazer no horário noturno, e o município ganha por conseguir fazer esse atendimento com um menor custo, sem o deslocamento para outros municípios, contando com a parceria de empresas prestadoras de serviços locais”, afirma.

A paciente Luciane Gheno estava aguardando há seis meses para fazer uma ressonância dos dois ombros para poder confirmar o diagnóstico e poder fazer o tratamento.

“A iniciativa da Secretaria da Saúde em possibilitar fazer o exame depois do horário comercial é muito boa, pois a grande maioria das pessoas trabalha fora o dia todo e com esse horário estendido facilita muito para o paciente fazer”, disse.

A secretária de Saúde, Francis Mara Zago Pegoraro destacou que “com o Corujão poderemos atender àqueles pacientes que estão há algum tempo aguardando exames para fins diagnósticos, zerando a fila de exames que estavam reprimidos”.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde