Primeiras horas de lockdown têm comércios fechados por fiscalização em Joinville

Operação conjunta iniciou no início da noite de sexta-feira (26)

As primeiras horas de lockdown foram de trabalho intenso em Joinville, no Norte de Santa Catarina. A operação conjunta de fiscalização, que envolveu Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, agentes de trânsito, Guarda Municipal, Vigilância Sanitária, Defesa Civil e Sama (Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente) fechou seis comércios na primeira noite de ação.

Operação de fiscalização iniciou na noite de sexta-feira (26) – Foto: Divulgação/NDOperação de fiscalização iniciou na noite de sexta-feira (26) – Foto: Divulgação/ND

“A integração das forças de segurança e dos órgãos de fiscalização foi um sucesso. Nos próximos dias, cada grupamento seguirá atuando fortemente para manter o cumprimento das medidas”, garantiu o capitão Paulo Rogério Rigo, coordenador do Comitê de Ação e Fiscalização da prefeitura e secretário da Seprot (Secretaria de Proteção Civil e Segurança Pública).

O trabalho contou com mais de 100 profissionais e iniciou às 18h de sexta-feira (26), se estendendo até 2h deste sábado (27). Os 10 grupos montados se dividiram para cobrir todos os bairros da cidade e, ao todo, 591 pessoas foram abordadas durante as oito horas de fiscalização.

Além disso, 37 veículos e 45 estabelecimentos comerciais foram verificados. A polícia registrou seis boletins de ocorrência e 12 estabelecimentos foram notificados.

O descumprimento das medidas restritivas de combate à pandemia da Covid-19 fez com que seis comércios fossem interditados.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde