Primeiro caso no mundo de gripe aviária H10N3 em humanos é detectado na China

Paciente, de 41 anos, sentiu febre e outros sintomas em 23 de abril quando foi levado ao hospital após estado de saúde ter se agravado

Autoridades sanitárias da China detectaram nesta terça-feira (1º) o primeiro caso mundial de gripe aviária H10N3 em humanos.

O paciente é um homem, de 41 anos, da província oriental de Jiangsu. Ele sentiu febre e outros sintomas em 23 de abril e foi levado ao hospital após cinco dias quando seu estado de saúde se agravou.

Gripe aviária H10N3 foi detectada em humanos nesta terça (1º) – Foto: Reprodução/YoutubeGripe aviária H10N3 foi detectada em humanos nesta terça (1º) – Foto: Reprodução/Youtube

Em nota, a Comissão Nacional de Saúde assegurou que até agora nunca houve contágio humano deste vírus que a transmissão foi “acidental”. O risco de propagação em larga escala é considerado “muito baixo”.

A Comissão de Saúde disse ainda que o quadro de saúde do homem melhorou até ele ter alta médica. Autoridades fizeram acompanhamento de emergência em todos os contatos próximos ao paciente e não foram encontradas “anormalidades”

De acordo com especialistas, o caso foi isolado. Eles ainda disseram que o vírus H10N3 não tem capacidade para infectar humanos de maneira eficaz.

Segurança

A Comissão Nacional de Saúde da China recomendou que os cidadãos evitem contato diário com aves mortas e a abordagem a aves vivas e que pessoas cuidem da higiene alimentar. Um médico deve ser consultado  caso haja sintomas como febre ou problemas respiratórios.

+

Saúde