Primeiro Centro de Inovação em Resgate e Saúde de SC será construído em Chapecó

Investimento será de cerca de R$ 7 milhões e obra deve ser entregue em 2021; além de bombeiros, vão atuar profissionais da saúde e estudantes

Após inaugurar um dos maiores quartéis do Estado, o 6º Batalhão de Bombeiros Militar, em Chapecó, vai ganhar o primeiro Centro de Inovação em Resgate e Saúde de Santa Catarina.

Investimento será de aproximadamente R$ 7 milhões – Foto: Reprodução/NDInvestimento será de aproximadamente R$ 7 milhões – Foto: Reprodução/ND

O projeto, que tornará Chapecó referência nacional e internacional no atendimento de traumas, já está em andamento. A previsão é de que fique pronto até o segundo semestre do próximo ano.

De acordo com o comandante do 6ºBBM, Hilton de Souza Zeferino, o modelo proposto será o primeiro no mundo e será integrado pelos serviços de emergência, acadêmicos e o profissionais do Corpo de Bombeiros. 

“Vai ser a primeira vez no mundo que vamos repetir o atendimento de rua, que acaba sendo fracionado em um único espaço, de maneira controlada e simulada”, afirma Zeferino.

Ambiente deve simular acidentes graves – Foto: Reprodução/NDAmbiente deve simular acidentes graves – Foto: Reprodução/ND

A estrutura será construída em uma área de 48 m², no acesso Florenal Ribeiro, próximo ao Aeroporto de Chapecó. Além de bombeiros, vão atuar profissionais da área da saúde e estudantes, que poderão conciliar a teoria com a prática. 

“A ideia do projeto é simular um ambiente controlado para bombeiros que já estão formados, em processo de requalificação, e acadêmicos ligados à área da saúde na região de Chapecó, como estudantes de medicina e enfermagem”, conta o comandante.

Leia também:

Projeto da obra 

Chapecó terá o primeiro Centro de Treinamento e Resgate de SC – Foto: Reprodução/NDChapecó terá o primeiro Centro de Treinamento e Resgate de SC – Foto: Reprodução/ND

Uma das novidades do Centro de Inovação, que será construído em meio a uma área de mata, é uma pista de 850 metros com ponte e túnel. O ambiente vai simular uma rodovia com os mais diferentes tipos de acidentes de trânsito. 

A expectativa é que para construir a estrutura sejam investidos R$ 4 milhões e mais R$ 3 milhões na compra de equipamentos. Os cenários fictícios já estão projetados.

Estrutura será construída no bairro Quedas do Palmital – Foto: Reprodução/NDEstrutura será construída no bairro Quedas do Palmital – Foto: Reprodução/ND

“Nossa expectativa é que em junho [deste ano] inicie a construção e, que, no fim do primeiro semestre de 2021 o complexo seja entregue para operacionalização”, concluí Zeferino. 

*Colaboração de Diego Antunes, da NDTV .

+ Saúde