Procurar postos de saúde evita superlotação em hospitais

Os postos de saúde podem facilitar muito a vida do cidadão que precisa de um atendimento médico, e ajudam a evitar a superlotação em hospitais.

Segundo o secretário de saúde de Florianópolis, Carlos Alberto Justo da Silva, os pacientes com pouca gravidade tem tudo que necessitam nos postos de saúde ou nas unidades de pronto-atendimento, mas procuram por atendimento diretamente nos hospitais por conta dos equipamentos e exames disponíveis, com a expectativa de ter uma avaliação mais completa.

Este quadro acaba não favorecendo o cidadão nem o hospital, a espera é grande, e no fim, a grande maioria acaba não usufruindo dos recursos. Por isso o município está trabalhando para melhorar o atendimento nas unidades de saúde, para que as pessoas vejam o posto como uma primeira opção.

Há cerca de um ano as unidades de saúde de Florianópolis começaram a atender durante o horário de almoço, algumas estão disponibilizando o contato via aplicativo de celular. E 140 profissionais foram contratados para o sistema de Atenção Primária a Saúde.

+

BG Florianópolis

Loading...