Quase 2 mil doses da vacina AstraZeneca devem chegar a Chapecó

A previsão é de que sejam desembarcadas no município nesta terça-feira (26); Até o momento mais de mil vacinas foram aplicadas

Chapecó, maior município do Oeste de Santa Catarina, receberá 1.870 doses da vacina contra a Covid-19, Oxford-AstraZeneca. As doses fazem parte das 3.320 que virão para a região. A previsão de chegada é nesta terça-feira (26). A informação foi repassada pelo secretário de Saúde, Luiz Carlos Balsan, em reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19.

Chapecó já imunizou mais de mil pessoas – Foto: Gustavo Moreno/ Metrópoles/NDChapecó já imunizou mais de mil pessoas – Foto: Gustavo Moreno/ Metrópoles/ND

Na última semana o município recebeu 3.367 doses, sendo 1.156 específicas para a população indígena. Até o momento foram aplicadas mais de mil vacinas até o fim de semana.

Balsan disse que a vacina está na quinta-fase das 14 fases do primeiro grupo, que abrange 16 mil pessoas. Nesta segunda-feira serão imunizados os idosos e profissionais de asilo, indígenas, idosos em famílias acolhedoras e nos setores de internação dos hospitais.

Cenário da pandemia

Os representantes do comitê avaliaram o cenário da Covid em Chapecó. De acordo com o diretor do HRO (Hospital Regional do Oeste), Osmar Arcanjo de Oliveira, o cenário é estável.

Na tarde desta segunda-feira haviam 33 dos 35 leitos de UTI ocupados e, 14 dos 26 leitos de enfermaria. Já na Unimed apenas três dos 14 leitos de UTI estavam ocupados, segundo o médico responsável, Mário Goto.

O médico Paulo Benites sugeriu mais capacitação dos profissionais e o uso de tratamento precoce quando as pessoas apresentarem sintomas da Covid-19 para diminuir o impacto da doença e salvar vidas. Já o médico Ivan Zardo manifestou preocupação em manter os cuidados de prevenção.

Fiscalização

A Guarda Municipal informou que, dos 48 estabelecimentos fiscalizados apenas três não cumpriram as regras do decreto municipal e foram notificados. Houve também algumas aglomerações nas ruas, que foram dispersadas de forma amigável.

O prefeito João Rodrigues salientou que, diante do cenário de estabilidade, manterá o decreto que flexibilizou alguns horários de funcionamento, chamando a responsabilidade para os donos dos estabelecimentos.

“Observamos que os números estão controlados, que as pessoas estão seguindo as regras e por isso vamos seguir como estamos. Também vamos disponibilizar os remédios necessários para o tratamento indicado pelos médicos. Estamos aguardando ainda a liberação da vacina Sputnik, pois pedimos para o laboratório responsável que nos reservassem um lote para que possamos imunizar mais pessoas”, acrescentou o prefeito.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde