Rodrigo Pacheco pede que vacinas estocadas nos EUA sejam enviadas ao Brasil

O presidente do Congresso enviou o oficio a vice-presidente do Estados Unidos, Kamala Harris, buscando acelerar a vacinação no país

O presidente do Congresso, o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), enviou um ofício a vice-presidente do Estado Unidos, Kamala Harris, solicitando a distribuição de vacinas estocadas no país, sem previsão de uso para a população norte-americana.

Em ofício, senador pediu ajuda para acelerar vacinação no Brasil – Foto: Twitter/Reprodução/NDEm ofício, senador pediu ajuda para acelerar vacinação no Brasil – Foto: Twitter/Reprodução/ND

No documento, Pacheco pediu que “seja autorizada, pelas autoridades norte-americanas competentes, a eventual concessão de autorização especial que permita a aquisição, pelo governo brasileiro, de doses de vacina estocadas nos EUA e ainda sem a previsão de serem utilizadas localmente”.

O presidente do Congresso afirmou que o auxílio “daria impulso decisivo ao esforço de imunização dos 210 milhões de brasileiros”. O ofício foi enviado à vice-presidente porque ela acumula a função de presidente do Senado.

Pacheco destacou ainda que os dois países têm sido os mais atingidos pela pandemia, ao mesmo tempo em que elogiou a administração do presidente democrata Joe Biden. “Com mais de 100 milhões de doses de vacina já aplicadas, a nova administração transformou os EUA em um caso de sucesso”.

O senador também relatou esforços do Brasil na contenção da pandemia, como a produção de vacinas pelas brasileiras Fiocruz e Butantan.

Em redes sociais, Pacheco divulgou o pedido feito à autoridade dos EUA. “Solicitei, nesta sexta-feira, aos Estados Unidos, por meio de ofício enviado à vice-presidente Kamala Harris, pedido de socorro ao Brasil nas ações de combate à pandemia da Covid-19”, disse.

+

Saúde