Santa Catarina aplica mais de 50 mil doses no Dia D de vacinação

Contra a poliomielite, grupo alvo são crianças com idade entre um e menos de cinco anos; campanhas seguem até o dia 30 de outubro

No sábado (17), foi realizado o “Dia D” das Campanhas de Multivacinação e de Vacinação contra a Poliomielite em Santa Catarina. Ao todo, 50.707 doses foram aplicadas contra a poliomielite, em crianças com idades entre um e quatro anos.

Contra a poliomielite, grupo alvo são crianças com idade entre um e menos de cinco anos – Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil/ND

Foram ofertadas as vacinas do calendário básico de vacinação da criança, do adolescente e do adulto. Os dados parciais foram divulgados pela Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) do Estado durante a noite. Entre os dias 5 e 17 de outubro foram aplicadas um total de 114.894 doses.

Em Florianópolis foram 6.233 doses aplicadas, 5.252 em Joinville, 4.548 em Blumenau, 4.383 em Itajaí e 2.882 em Chapecó.

A Dive destaca que as campanhas seguem até o dia 30 de outubro para atualização da caderneta de vacinação das crianças e adolescentes com menos de 15 anos de idade (14 anos, 11 meses e 29 dias).

Locais de vacinação

Em Florianópolis, as campanhas acontecem nos Centros de Saúde, tendas de vacinação e pontos drive-thruChapecó e Xanxerê, no Oeste catarinense, irão receber o público nas unidades de saúde.

Já em Blumenau, todos os postos de saúde com sala de vacinação e o ambulatório da Vila Germânica estarão abertos para aplicação das doses.

Joinville terá 44 unidades abertas para atender quem precisa se vacinar na cidade. E, em Itajaí, todas as unidades básicas de saúde estarão abertas à população.

As campanhas

Na Campanha contra a Poliomielite, o grupo alvo são crianças com idade entre um e menos de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), aproximadamente 342.285 crianças.

O objetivo é reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país. E, para isso, a meta é vacinar, ao menos, 95% deste público, ou seja, 325.684 crianças.

Para a Campanha de Multivacinação, não há uma meta numérica específica. Nesta campanha, os principais objetivos são: oportunizar o acesso às vacinas, atualizar a situação vacinal, aumentar as coberturas vacinais e homogeneidade, diminuir a incidência das doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação e/ou erradicação dessas doenças.

A gerente de imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina, Lia Quaresma Coimbra, esclarece que durante a vigência das Campanhas serão oferecidas todas as vacinas do Calendário Básico de Vacinação 2020 da Criança e do Adolescente.

“Queremos com essas campanhas reduzir, ainda mais, o risco de transmissão de doenças que podem ser prevenidas com vacinação e evitar o retorno de outras como o sarampo, por exemplo”, finaliza.

Vacinas oferecidas

As vacinas que serão oferecidas durante a campanha são as que fazem parte do Calendário Básico de Vacinação 2020 da Criança e do Adolescente. Confira a lista:

  • Febre amarela
  • Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola)
  • dT (difteria e tétano)
  • Meningocócica ACWY (doença meningocócica ACWY)
  • HPV quadrivalente (HPV tipos 6, 11, 16 e 18)
  • Poliomielite
  • BGC (formas graves de tuberculose)
  • Hepatite B
  • Pentavalente (tétano, difteria, coqueluche, Haemophilus influenzae b e hepatite b)
  • Rotavírus (diarreia por rotavírus)
  • Pneumocócica 10 (doença pneumocócica invasiva para os 10 sorotipos)
  • Meningocócica C (doença meningocócica C)
  • Tetra Viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela)
  • DTP (difteria, tétano e coqueluche)
  • Hepatite A
  • Varicela (catapora)
+

Saúde