Santa Catarina estuda ampliar distribuição de vacinas da Pfizer; entenda

Última remessa com 83.070 doses do imunizante chegou ao Estado na noite desta segunda-feira (7)

Santa Catarina estuda ampliar a distribuição de vacinas da Pfizer contra Covid-19 a mais municípios. O motivo é a flexibilização do armazenamento, que tornou possível alocar os frascos com os imunizantes sob temperaturas de 2ºC a 8ºC por 31 dias. Antes, o permitido era apenas cinco dias.

Com flexibilização de armazenamento da vacina Pfizer, SC quer aumentar o número de municípios que receberão o imunizante – Foto: Leonardo Sousa/PMF/Divulgação/NDCom flexibilização de armazenamento da vacina Pfizer, SC quer aumentar o número de municípios que receberão o imunizante – Foto: Leonardo Sousa/PMF/Divulgação/ND

A última remessa com 83.070 doses do imunizante chegou ao Estado na noite desta segunda-feira (7). Segundo a Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina), ainda nesta semana deve ocorrer uma reunião da CIB (Comissão Intergestores Bipartite) para aprovar a estratégia de envio.

Até o momento, 3.541.140 doses já foram recebidas desde o início da vacinação. Deste total, 1.785.350 são da AstraZeneca/Fiocruz, 1.551.040 do Butantan e 204.750 da Pfizer.

“A população deve fazer a sua parte, seguindo o esquema vacinal das duas doses. Lembrando que todas as vacinas são seguras e eficazes contra casos graves e óbitos por Covid-19”, explica o superintende de vigilância em saúde, Eduardo Macário.

Balanço da vacinação em SC

A última atualização da plataforma Vacinômetro, realizada na manhã desta terça-feira (8), mostra que 2.603.474 doses de vacina contra a Covid-19 já foram aplicadas no Estado.

Do total, 1.849.783 correspondem a primeira dose, o que representa 25,51% da população, e 753.691 foram aplicadas como segunda dose. Assim, apenas 10,39% dos catarinenses completaram imunização.

+

Saúde