Santa Catarina registra nova alta no número de casos ativos de Covid-19

Já são 293 municípios catarinenses com registro de mortes pela doença, restando apenas duas sem mortes desde o início da pandemia

Já são 997.965 pacientes com confirmação de infecção pelo novo coronavírus em Santa Catarina. Nas últimas 24 horas, houve aumento de 862 casos ativos, ou seja, número de pessoas capazes de transmitir a doença. Com isso, o Estado registrou uma nova alta, chegando a 22.967 casos ativos no total.

Nas últimas 24 horas, houve aumento de 862 casos ativos – Foto: Getty Images/Unsplash/Reprodução/NDNas últimas 24 horas, houve aumento de 862 casos ativos – Foto: Getty Images/Unsplash/Reprodução/ND

Do total de casos confirmados desde o início da pandemia, em março de 2020, 959.155 pessoas se recuperaram e 22.967 ainda estão em acompanhamento. O número foi divulgado nesta quinta-feira (10).

Há também 15.843 mortes causadas pela Covid-19, e 45 delas ocorreram apenas nas últimas 24 horas. A taxa de letalidade é de 1,59%. Registrou-se um aumento de 3.840 na quantidade de casos confirmados. Já a estimativa de recuperados subiu em 2.933.

Atualmente, há 1.499 leitos de UTI Adulto ativos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o Estado, dos quais 1.463 estão ocupados, sendo 969 por pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19. A taxa de ocupação de UTI Adulto é de 97,6%.

Covid-19 nas cidades catarinenses

Já são 293 municípios catarinenses com registro de mortes pela doença, restando apenas duas sem mortes desde o início da pandemia. A estimativa do governo do Estado é que 291 municípios tenham casos ativos.

A região com a maior quantidade de casos ativos hoje, proporcionalmente à população, é Meio-Oeste, que tem 716 para cada 100 mil habitantes. Em seguida, estão Xanxerê (548) e Extremo-Oeste (485).

Casos de reinfecção

O Estado confirmou mais um caso de reinfecção por Covid-19 na última quarta-feira (9). Ao todo, Santa Catarina já tem quatro casos confirmados.

A reinfecção foi identificada em um paciente de 21 anos. Ele teve o primeiro caso confirmado no dia 26 de outubro de 2020 e o segundo no dia 25 de março de 2021.

O anúncio foi feito pela SES (Secretaria de Estado da Saúde), por meio da Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina).

+

Saúde