Santa Catarina contabiliza 60 mortes por Covid-19 em 24 horas

Com 16.496 óbitos registrados desde o início da pandemia, Estado mantém taxa de letalidade em 1,59%

Santa Catarina registrou 60 mortes pelo coronavírus desde o último boletim divulgado. Com esses dados, a taxa de letalidade registrada no momento atual da pandemia, iniciada em março de 2020, está em 1,59%.

A taxa de letalidade da Covid-19, em SC, está em 1,59% – Foto: Leo Munhoz/NDA taxa de letalidade da Covid-19, em SC, está em 1,59% – Foto: Leo Munhoz/ND

Dentre as vítimas, o Estado também registrou um aumento no número de mortes infantis pela doença, desde o ano passado. Em 2020, 11 crianças de até 12 anos foram vítimas da doença, enquanto em 2021 o número chegou a 20.

No total, já são 1.035.042 pacientes com confirmação de infecção pela Covid-19. Desse total, 997.436 estão recuperados e 21.110 continuam em acompanhamento.

Esses números representam um crescimento de 141 pessoas no número de casos ativos, ou seja, pessoas capazes de contaminar terceiros. O total de confirmados subiu 2.914, enquanto 2.713 pessoas passaram a se enquadrar nos critérios para serem consideradas recuperadas.

Terceira onda em SC

Apesar dos números, a terceira onda do novo coronavírus se apresenta de forma mais lenta no Estado, segundo o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro. Para o chefe da pasta, a “lentidão” se dá pela ‘melhora nos serviços de saúde, melhora nos protocolos, diagnósticos precoces, tratamento imediatos, mais testagens, vacinação, restrições e a orientação para que se cumpram as medidas sanitárias.’

Apesar disso, a Secretaria Estadual de Saúde informa que 288 municípios têm casos ativos. Atualmente, a regional de saúde com mais casos ativos proporcionalmente à população é Meio-Oeste, com 515 para cada 100 mil habitantes. Em seguida, estão Xanxerê (468) e Serra (440).

Dos 1.527 leitos de UTI Adulto existentes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina, há 1.471 ocupados, sendo 952 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. A ocupação é de 96,3%.

+

Saúde

Loading...