Saúde em colapso: Joinville abre contratação emergencial de médicos

Município precisa de 100 médicos para atender a demanda de saúde na cidade

Um dia depois de anunciar que chegou à fase mais grave da pandemia, Joinville, no Norte de Santa Catarina, abriu processo para contratação emergencial de médicos para atender a demanda crescente.

Município precisa de 100 médicos para atender a demanda de saúde na cidade – Foto: Divulgação/NDMunicípio precisa de 100 médicos para atender a demanda de saúde na cidade – Foto: Divulgação/ND

A falta de médicos e profissionais de saúde é um dos principais problemas de um sistema que já está em colapso e depois de tentar a contratação em processos seletivos, o município tenta a contratação emergencial de 100 médicos, demanda necessária para a rede pública de saúde.

São 40 vagas para intensivistas e 60 plantonistas, contingente necessário para atender ao aumento da demanda. Além disso, o município prevê abertura de novos leitos para atender os casos mais graves da Covid-19.

Além da contratação de médicos, o município precisa de 100 técnicos de enfermagem, 50 enfermeiros e 30 fisioterapeutas com experiência em UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Para se candidatar, o profissional deve preencher o formulário disponível no site da Prefeitura de Joinville até sexta-feira (5), às 8h.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde