SC bate recorde de casos ativos da Covid-19 desde o início da pandemia

Estado contabiliza 45,9 mil pessoas que ainda estão se recuperando da doença; 7,8 mil casos ativos foram registrados em apenas 24 horas

Santa Catarina registrou, nesta sexta-feira (14), o recorde de casos ativos da Covid-19 desde o início da pandemia. No total, são 45.915 pessoas que ainda estão em recuperação e podem transmitir o vírus.

SC registrou 9,7 mil casos confirmados da Covid-19 em apenas 24 horas  – Foto: Leo Munhoz/NDSC registrou 9,7 mil casos confirmados da Covid-19 em apenas 24 horas  – Foto: Leo Munhoz/ND

De acordo com o painel de monitoramento Covid-19 do governo estadual, o pico anterior era de 38.738 que foi registrado no dia 12 de março de 2021. Veja os três dias com o maior número de casos ativos.

Conforme dados do boletim epidemiológico desta sexta-feira (14), foram registrados 7.828 casos ativos em apenas 24 horas. Outros 7,5 mil testes estão em análise no Lacem.

No mesmo período, 9,7 mil pessoas testaram positivo para a Covid-19 em Santa Catarina. Além disso, 15 mortes foram contabilizadas. A taxa de letalidade caiu para 1,56%.

No total, o Estado já registrou 1.296.019 casos confirmados e 20.264 mortes em decorrência do coronavírus desde o início da pandemia.

Ocupação de leitos de UTI Covid

Santa Catarina tem 194 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) ocupados para tratamento de pacientes com Covid-19. Levando em consideração que 581 leitos estão ativos, a taxa de ocupação é de 33,39%.

Ainda conforme o painel do governo estadual, atualizada na manhã desta sexta-feira (14), a Grande Florianópolis tem 51,85% de lotação, sendo a região com maior lotação dos leitos de UTI Covid. Em seguida, o Extremo-Oeste está com 50%.

Segundo a SES (Secretaria de Estado da Saúde), o indicador de taxa de ocupação é “virtualmente inferior à rotatividade de pacientes e aos horários do painel”.

Vacinação contra a Covid-19 em SC

Levando em consideração os dados disponíveis no painel do governo estadual, 5.106.017 catarinenses estão totalmente imunizados, o que representa 70,4% da população.

Além disso, mais de 5,7 milhões de pessoas receberam, no mínimo, a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Outras 563.308 doses de reforço foram aplicadas.

Vale ressaltar que o Ministério da Saúde não atualiza a plataforma desde a tarde da última sexta-feira (7). De acordo com a pasta, o atraso na atualização ocorre por conta do ataque hacker sofrido no seu sistema.

+

Saúde

Loading...