Santa Catarina recebe doação de 794 mil insumos para vacinação

Doação realizada pela Unimed Grande Florianópolis foi marcada por ato simbólico na manhã desta quarta (20); ao todo, serão entregues 460 mil seringas e 334 mil agulhas

O governo de Santa Catarina receberá, nesta semana, uma doação de insumos para auxiliar no trabalho de vacinação contra a Covid-19 no Estado. Trata-se de 460 mil seringas e 334 mil agulhas, que serão posteriormente enviadas aos municípios.

Um ato simbólico foi realizado na manhã desta quarta-feira (20) para marcar a entrega dos insumos por parte da Unimed Grande Florianópolis a SES (Secretaria de Estado da Saúde).

Doação de insumos foi marcada por ato simbólico nesta quarta-feira (20)Presidente da Unimed Grande Florianópolis, Théo Fernando Bub, e o secretário André Motta Ribeiro em ato simbólico nesta quarta-feira (20) – Foto: Robson Valverde/SES/Divulgação

O presidente da Unimed Grande Florianópolis, Théo Fernando Bub, e o secretário de Saúde do Estado, André Motta Ribeiro, realizaram um encontro para marcar a entrega.

A cooperativa médica informou ainda que busca fornecedores para a doação de outras 126 mil agulhas nos próximos dias.

O secretário André Motta Ribeiro agradeceu o gesto da Unimed e destacou que os insumos serão fundamentais para o plano estadual de imunização.

“Muito mais importante do que o quantitativo doado, é o gesto. Essa junção de forças é que faz a diferença no combate a uma doença tão cruel e grave. É uma doação significativa, com certeza. Nós continuaremos interagindo, poder público e privado, para que possamos trazer segurança para a sociedade catarinense”, destacou o secretário.

O presidente da Unimed Grande Florianópolis lembrou que a campanha de vacinação teve início nesta semana com a chegada das primeiras 144 mil doses para Santa Catarina.

Ele destacou a importância de que toda a sociedade se envolva nessa tarefa.

“A vacina é uma realidade e precisamos unir esforços para que toda a população seja imunizada. Cabe às empresas privadas compartilharem com a sociedade o acesso à saúde e os recursos necessários para que a vacinação ocorra sem a falta de insumos”, ressalta Théo Fernando Bub.

+

Saúde