SC ainda soma 134 pacientes da Covid-19 na fila da UTI

Estado ainda vive impactos do colapso do sistema público de saúde; Norte de SC soma maior fila na UTI, com mais de 70 pacientes da Covid-19

Segundo os últimos dados da Secretaria de Saúde, desta quarta-feira (14), Santa Catarina segue com um total de 134 pacientes da Covid-19 na fila dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

A maior concentração segue no Norte, onde a fila é de 73 pacientes, enquanto boa parte das demais regiões já zerou a fila ou tem poucos pacientes no aguardo.

sc; leitos; fila; covid-19; pacientesMais de 98% dos leitos adultos de SC estão lotados atualmente – Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil/ND

Contudo, apesar da atenuação, a situação ainda é muito crítica, com 98,2% dos leitos adultos ocupados em todo o Estado, em número “virtualmente abaixo da realidade”.

São praticamente mil pacientes da Covid-19 internados nos mais de 1.478 leitos ativos ao longo dos 55 hospitais de Santa Catarina.

Somados aos pacientes com outras enfermidades, são somente 26 leitos disponíveis em todo o Estado.

Cada paciente, em média, permanece cerca de 14 dias na UTI, com casos que podem ser mais graves e demandarem meses na terapia intensiva.

Confira como esta a fila por UTI em cada região de SC:

  • Grande Florianópolis: 4
  • Sul: 42
  • Foz do Rio Itajaí: 6
  • Vale do Rio Itajaí: 2
  • Norte: 73
  • Serra: 0
  • Meio-Oeste: 7
  • Grande Oeste: 0

Com a situação crítica, os hospitais adotam o protocolo internacional de saúde, que prevê ofertar  assistência para quem tem maior probabilidade de sobreviver.

O Governo do Estado adotou um modelo de triagem para definir quem é a prioridade. A medida definiu regras compostas por um sistema de pontuação que, segundo o documento, representa os objetivos éticos de “salvar o maior número de vidas, salvar o maior número de anos/vida e equalizar as oportunidades de se passar pelos diferentes ciclos da vida”.

+

Saúde