Santa Catarina perde posição em ranking positivo sobre a Covid-19; entenda

Estado foi desbancado pelo Amapá em índice que mede comportamento da doença; na sexta (26), SC registrou recorde de mortes em 24 horas

Santa Catarina deixou de ser o estado brasileiro que apresenta a menor taxa de letalidade da Covid-19. Segundo o painel de monitoramento da doença, nesta quinta-feira (1º) o Estado passou a ocupar a posição 26, entre as 27 unidades federativas do país, com a maior taxa de letalidade, sendo ultrapassado pelo Amapá.

 SC não é mais o estado com a menor taxa de letalidade no BrasilNovo Centro Municipal de Apoio à Covid-19 terá 37 leitos de enfermaria e quatro semi-UTI – Foto: Prefeitura de Itajaí/Secom/Divulgação

A taxa de letalidade avalia o número de mortes por Covid-19 em relação às pessoas que apresentam a doença ativa. Assim, a taxa mede a porcentagem de pessoas infectadas que morreram.

A lista é liderada pelo estado do Rio de Janeiro, com 5,67% de letalidade, seguido por Pernambuco (3,49%), Amazonas (3,44%) e São Paulo (3,02%). Santa Catarina ocupa a 26ª posição, com 1,35%, seguido pelo Amapá (1,33%). Veja a lista completa no final da matéria.

Agravamento da pandemia

O indicador é mais um que atesta o agravamento da pandemia em Santa Catarina. Na última sexta-feira (26), Santa Catarina registrou recorde de mortes – 210 –  em decorrência da infecção em apenas 24h.

Desde o início do ano, a taxa de letalidade tem se agravado no Estado. Em meados de fevereiro, a taxa era de 1,09%, que saltou para 1,12% no dia 5 de março. Nesta terça-feira (30), a taxa era de 1,34%, que saltou para 1,35% nesta quarta-feira.

Confira taxa de letalidade no Brasil, nesta quinta-feira

  1. Rio de Janeiro – 5,67 %
  2. Pernambuco -3,49 %
  3. Amazonas – 3,44 %
  4. São Paulo – 3,02 %
  5. Ceará – 2,61 %
  6. Maranhão – 2,50%
  7. Pará – 2,50%
  8. Goiás – 2,39 %
  9. Mato Grosso – 2,44 %
  10. Rio Grande do Sul – 2,33 %
  11. Alagoas – 2,32 %
  12. Rio Grande do Norte – 2,30 %
  13. Paraíba – 2,22 %
  14. Rondônia – 2,21 %
  15. Sergipe – 2,01 %
  16. Piauí – 2,00%
  17. Minas Gerais – 2,16 %
  18. Paraná – 1,98 %
  19. Mato Grosso do Sul – 1,98 %
  20. Espírito Santo – 1,96 %
  21. Bahia – 1,91 %
  22. Acre – 1,81%
  23. Distrito Federal – 1,75 %
  24. Roraima – 1,50 %
  25. Tocantins – 1,44%
  26. Santa Catarina – 1,35 %
  27. Amapá – 1,33 %

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde