SC recebe extrator que acelera resultado de testes de Covid-19

Equipamento reduz em 90% o tempo necessário para obtenção dos resultados de testes PCR para detecção da doença; doação foi realizada pela JBS

O Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública), em Florianópolis, recebeu um extrator de RNA e seis kits de extração doados pela JBS, por meio do programa de responsabilidade social “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade”.

O equipamento reduz em 90% o tempo necessário para obtenção dos resultados de testes PCR para detecção da Covid-19.

Extrator de RNA recebido pelo LacenEquipamento reduz em 90% o tempo necessário para obtenção dos resultados de testes PCR – Foto: Julio Cavalheiro/Secom

O extrator de RNA tem a capacidade de processar 95 amostras em até quarenta minutos. O processamento manual leva, em média, duas horas e meia.

Após a pandemia, o extrator pode ser utilizado para diagnosticar doenças virais como influenza, HPV, vírus da hepatite B e C, entre outras.

Com a redução no tempo de processamento proporcionado pelo equipamento, a expectativa da SES (Secretaria de Estado da Saúde) é que Santa Catarina também possa otimizar a utilização dos seus kits de coleta para exames, o que diminuiria o risco de vencimento dos materiais.

A JBS doou 21 extratores de RNA e 62 kits de extração para o Ministério da Saúde, que foram destinados aos laboratórios de 21 Unidades da Federação.

Além de Santa Catarina, foram beneficiados: Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Roraima, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Lacen recebeu um extrator de RNA e seis kits de extração – Foto: Julio Cavalheiro/SecomLacen recebeu um extrator de RNA e seis kits de extração – Foto: Julio Cavalheiro/Secom

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde