SC registra queda no número de casos ativos da Covid-19

Ao todo são 6.399 casos a menos nas últimas 24 horas; números, no entanto, ainda preocupam

Santa Catarina registrou queda nos casos ativos da Covid-19 nesta segunda-feira (24). Ao todo são 6.399 casos a menos nas últimas 24 horas. Por outro lado, o Estado registrou mais 2.896 casos da doença no mesmo período, totalizando 1.368.213 desde o início da pandemia.

Santa Catarina registra queda no número de casos ativos da Covid-19 – Foto: Leo Munhoz/NDSanta Catarina registra queda no número de casos ativos da Covid-19 – Foto: Leo Munhoz/ND

Ao todo, 12 pessoas morreram, vítimas do coronavírus, nas últimas 24 horas em Santa Catarina, totalizando 20.384 mortes desde março de 2020.

O governo do Estado estima que haja 289 cidades com casos ativos. A região com a maior quantidade de casos ativos hoje, proporcionalmente à população, é a Grande Florianópolis, que tem 1.368 para cada 100 mil habitantes.

Em seguida, estão Serra (1.239) e Oeste (1.230). As que menos têm são Alto Uruguai Catarinense (349), Foz do Rio Itajaí (457) e Alto Vale do Itajaí (490).

Atualmente, há 1.084 leitos de UTI Adulto ativos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o Estado, dos quais 826 estão ocupados, sendo 222 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. A taxa de ocupação de UTI Adulto é de 76,2%.

Números ainda preocupam

Santa Catarina chegou aos 67,9 mil casos ativos da Covid-19, conforme aponta o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nesse domingo (23). No dia 1º de janeiro, o Estado contabilizava 4,5 mil. Isso representa um aumento de 1.406,7% no número de casos ativos em somente 23 dias.

Evolução dos casos ativos em Santa Catarina entre 21.05.2020 e 21.01.2022 – Fonte: Boletins Epidemiológicos da SES-SC. Elaboração NECAT-UFSCEvolução dos casos ativos em Santa Catarina entre 21.05.2020 e 21.01.2022 – Fonte: Boletins Epidemiológicos da SES-SC. Elaboração NECAT-UFSC

Além disso, a média diária de novos casos da doença registrada em Santa Catarina na terceira semana de janeiro é a maior desde o início da pandemia.

+

Saúde

Loading...