SC tem alta de 2,5 mil casos da Covid-19 e chega a total de 192 mil

Dados quebram três dias consecutivos de altas abaixo de mil casos, mas ainda mantém curva de contágio estável, após fim de julho e começo de agosto com altas diárias superiores a 3 mil

Os dados do boletim epidemiológico desta quarta-feira (9) apontam uma alta de 2.585 casos da Covid-19 em Santa Catarina nas últimas 24h, o que deixa o Estado com um total de 192.982 confirmações desde o início da pandemia, em março.

Após alta no índice de isolamento no feriado cívico, Estado teve baixa e registra taxa de 34% de isolamento social – Foto: Anderson Coelho/ND

Desse total registrado, são 182.300 (94%) recuperados, e também 2.460 que morreram, sendo 18 vítimas inclusas nesta atualização.

Esses dados deixam a incidência em 2.693 casos a cada 100 mil habitantes, e a taxa de letalidade em 1,27%.

Além disso, quebram uma sequência de três dias consecutivos com altas de casos abaixo dos mil casos, representando uma atenuação na curva de contágio.

Vírus atinge mais adultos, e mata mais idosos

Na distribuição por faixa etária, o panorama segue o mesmo: quem mais pega o vírus tem entre 30 e 39 anos, cerca de 49 mil contaminados; e quem mais sofre tem entre 60 e 79 anos, pois nesse intervalo de idade foram 1.133 vítimas fatais, 46% do total de mortes.

Joinville ainda é o epicentro

Na distribuição por cidades, também não há mudanças. Joinville segue como epicentro no Estado, com 18.777 confirmações até então, além das 290 mortes.

Em seguida, em número de casos: Florianópolis (11.836), Blumenau (10.984), Balneário Camboriú (6.858), Itajaí (6.774), São José (6.202), Criciúma (6.195), Chapecó (6.141), Palhoça (5.537) e Brusque (5.146).

Hospitais lotados: dois a menos e dois a mais

Os 1.535 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) estão lotados em 68,9%, ou seja, são 1.057 ocupados, deixando 478 livres.

São 422 pacientes com a Covid-19 internados no tratamento intensivo, enquanto o restante, 635, está em UTI com outra enfermidade.

Nas últimas 24h, o panorama de hospitais superlotados mudou, com o Hospital Bethesda e a Maternidade Darcy Vargas saindo da lotação em 100% para a casa dos 90%, enquanto duas outras unidades chegaram no limite nesta quarta (9).

As unidades lotadas em 100% são:

  • Hospital Azambuja, em Brusque
  • Hospital Sagrada Família, em São Bento do Sul

Isolamento social tem queda

Refletindo o comportamento do dia anterior, terça (8), o índice de isolamento social ficou em 34,5%, abaixo da média nacional, que é de 34,7%, e deixando o Estado na 17ª posição no ranking.

É uma queda brusca considerando a 2ª posição ocupada pelo Estado no feriado da segunda (7), em que 51,4% das pessoas estavam em quarentena em Santa Catarina.

+

Saúde