SC tem aumento de 271% dos casos confirmados de dengue no 1º semestre de 2022

No Estado, 77 pessoas tiveram mortes confirmadas pela dengue neste ano

Santa Catarina tem 70.118 casos confirmados de dengue até 29 de junho de 2022. Quando comparado ao mesmo período do ano passado – quando os registros indicaram 18.894 ocorrências -, o crescimento registrado nas taxas da doença é de 271%.

Casos de dengue estão em alta em SC e focos do mosquito e números de cidades infestadas também aumentaram – Foto: pxhere/Divulgação/NDCasos de dengue estão em alta em SC e focos do mosquito e números de cidades infestadas também aumentaram – Foto: pxhere/Divulgação/ND

Os dados sobre a dengue foram divulgados nesta sexta-feira (1°), por meio do informe da Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica). O órgão utiliza dados registrados pelos municípios catarinenses em sistemas nacionais de captação de informação do Ministério da Saúde.

Não foram só os casos de dengue que aumentaram quando comparados a 2021. Os focos cresceram 11,5% entre janeiro e junho de 2022, com 48.552 registros enquanto eram 43.530 no ano passado. Os municípios em infestados passaram de 115 para 132, ou seja, um aumento de 14,8%.

Os números da Dive mostram que os municípios com maiores taxas de incidência da dengue estão no Extremo-Oeste e Litoral Norte de Santa Catarina. Foram registrados 1.258 casos da doença com sinais de alarme e 80 casos de dengue grave no sistema de registros.

Ao todo, 77 pessoas tiveram mortes confirmadas por dengue em 2022. Outras 18 casos suspeitos de óbito por dengue são investigados, ou seja, o número ainda pode aumentar. As ocorrências fatais começaram a acontecer em maior número a partir de março.

+

Saúde

Loading...