SC tem UTI ocupada em 75,9%, e Joinville tem somente um leito de UTI disponível

Região Norte do Estado tem maior taxa de ocupação, enquanto na Grande Florianópolis o índice é de 60,9%

Dos 1.476 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) ativos em Santa Catarina, 75,9% estão ocupados, deixando 355 ainda livres.

São 1.121 ocupados, 477 por pacientes suspeitos ou confirmados da Covid-19 e 644 por pacientes com outras enfermidades. As informações são do boletim epidemiológico, divulgado nesta quarta-feira (19).

Unidades que encontram-se em superlotação variam diariamente, mas Joinville tende a concentrar as superlotações, com mais de 10 mil casos confirmados até então – Foto: Jonathan Batista/DivulgaçãoUnidades que encontram-se em superlotação variam diariamente, mas Joinville tende a concentrar as superlotações, com mais de 10 mil casos confirmados até então – Foto: Jonathan Batista/Divulgação

A cidade de Joinville, epicentro no Estado, já registrou ocupação em 100%. E de acordo com a última atualização, há somente um leito de UTI disponível na cidade, no Hospital Regional Hans Dieter. E os demais hospitais estão com leitos adultos lotados em 100%.

Os hospitais superlotados no Estado são:

  • Hospital Municipal São José, Joinville
  • Hospital Bethesda, Joinville
  • Maternidade Darcy Vargas, Joinville
  • Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, Lages
  • Hospital Municipal Ruth Cardoso, Balneário Camboriú
  • Hospital São José, Jaraguá do Sul

Vale ressaltar que estes dados são da ocupação global da UTI, enquanto os leitos de UTI especiais para pacientes da Covid-19 estão lotados em mais hospitais, sendo eles:

  • Cepon (Florianópolis)
  • Hospital e Maternidade Jaraguá (Jaraguá do Sul)
  • Hospital Helio Anjo Ortiz (Curitibanos)
  • Hospital São Donato (Içara)
  • Hospital São José (Maravilha)

Além disso, sete hospitais tem lotação de 90% ou maior, e 11 tem de 80% ou maior. Regionalmente, quem tem maior ocupação é o Norte e Nordeste do Estado, com 86,6%, enquanto a menor é da Grande Florianópolis, que tem 60,9%.

A dinâmica regional torna-se importante, considerando que são cerca de 35 cidades no Estado com leitos de UTI, para 295 no total.

Assim, muitos municípios, que já tem muitos casos, atendem demandas da região inteira, e acabam tendo uma ocupação grande.

Ocupação de UTI por região

  • Grande Florianópolis: 60,9%
  • Foz do Rio Itajaí: 81%
  • Grande Oeste: 81%
  • Meio-Oeste e Serra: 83%
  • Planalto Norte e Nordeste: 86,6%
  • Sul: 71%
  • Vale do Itajaí: 71%

Essas informações são sempre dos leitos do SUS (Sistema Único de Saúde), enquanto são 92 internados em UTI na rede privada de Santa Catarina. Destes, 55 precisam de ventilação mecânica, enquanto na rede pública, dos 477 totais, 252 precisam dos respiradores.

SC tem mais de 126 mil casos

Foram 2.537 confirmações da Covid-19 em 24h no Estado. Assim, o total é de 126.850 casos desde o início da pandemia e, destes, 115.101 (90%) já estão recuperados.

Com isso, o Santa Catarina ainda tem 9.831 casos ativos, de catarinenses com o vírus que ainda apresentam sintomas ou não estão recuperados. Das mesmas 126 mil confirmações, foram 1.918 pessoas que morreram (1,51%), sendo que 35 foram incluídas nas últimas 24h.

O maior número delas é em Joinville, que soma 217 vítimas do vírus, e é seguido por Itajaí, que perdeu 140 pacientes, e também por Blumenau (101) e Florianópolis (100), sendo as duas últimas passaram a marca de 100 vítimas nesta semana.

Em casos, Joinville também apresenta o maior número, com 10.687 confirmações até então, figurando como o epicentro há semanas. Na sequência, aparecem Blumenau (7.541), Balneário Camboriú (5.326), Florianópolis (5.110), Chapecó (4.881), Itajaí (4.506), Criciúma (4.131), Brusque (3.800), São José (3.571) e Palhoça (3.488).

+

Saúde

Loading...