SC ultrapassa 1 milhão de casos confirmados da Covid-19; três cidades lideram ranking

Dado consta no painel do governo do Estado atualizado nesta sexta-feira (11); foram registradas 52 mortes a mais, em comparação com o dia anterior

Santa Catarina atingiu um milhão de casos confirmados da Covid-19. O dado consta no painel do governo do Estado, atualizado nesta sexta-feira (11). Agora, 1.002.008 milhão de pessoas já foram infectadas pelo novo coronavírus no Estado. Em comparação com o dia anterior, o total de casos confirmados subiu 4.043.

Santa Catarina chega a 1 milhão de casos da Covid-19 – Foto: Leo Munhoz/NDSanta Catarina chega a 1 milhão de casos da Covid-19 – Foto: Leo Munhoz/ND

No dia 12 de março de 2020, a Secretaria de Estado da Saúde confirmou os primeiros dois casos da Covid-19 em Santa Catarina: um homem de 34 anos e uma mulher de 28 anos, que contraíram a doença no exterior e não precisaram ser internados.

Santa Catarina chegou aos 500 mil casos confirmados da Covid-19 no dia 19 de dezembro de 2020.

Atualmente, já foram confirmados casos em todos os 295 municípios catarinenses e 293 cidades registraram pelo menos uma morte. As duas únicas cidades sem óbitos por Covid-19 são Flor do Sertão e Novo Horizonte, ambas no Oeste catarinense.

Três cidades lideram número de casos

Os municípios catarinenses com mais casos confirmados da Covid-19 são Joinville, com 95.581, Florianópolis, com 75.989 e, na sequência, Blumenau, com 48.890.

A macrorregião do Planalto Norte e Nordeste tem o maior número de casos confirmados, com 190.411. Em seguida, está a Grande Florianópolis com 176.901 casos confirmados da Covid-19. A terceira colocação fica com a macrorregião Sul, onde 157.565 pessoas já foram infectadas pelo novo coronavírus.

Explosão de casos ativos

O Estado chega ao número em meio à explosão de casos ativos – mais de 22,9 mil – e a maior taxa de letalidade para Covid-19 desde o início da pandemia, 1,59%. No Brasil, o índice é de 2,8%, e na região Sul 2,23%.

Nesta sexta, a taxa de ocupação de leitos de Covid-19 adulto é de 96,4% e apenas 37 leitos estão disponíveis em todas as regiões de Santa Catarina. O Estado atingiu 15.895 mortos devido a complicações da doença. De quinta (10) para esta sexta foram registradas 52 mortes a mais.

Segundo o médico infectologista Martoni Moura e Silva, não se sabe quando a terceira onda chegará, mas o cenário deve ser de mais jovens internados pela doença.

“Tivemos um pico importante, o maior durante toda a pandemia um ano após o início. Estamos caminhando para desenhar um platô de estabilidade de casos em nível alto. Obviamente, isso leva a uma assistência deficitária e tempo na Covid-19 é primordial”, reitera o especialista.

Restrições em vigor

O atual decreto, de 1º de maio, prorrogou as medidas que já estavam valendo até o dia 15 de junho.

Procurada pelo ND+, a SES (Secretaria de Estado da Saúde) informou, em nota, que o objetivo é “manter as medidas de distanciamento para a prevenção ao Coronavírus, aliado a um equilíbrio entre a segurança sanitária e a economia do Estado de Santa Catarina”. Assim, em relação ao aumento das restrições, a secretaria não sinalizou mudanças.

Nesta sexta, o governo estadual informou que o grupo de trabalho que discute a retomada de eventos no Estado avança na criação de um protocolo. Entre as medidas, estão o rastreamento e a notificação de casos de Covid-19 entre os participantes.

+

Saúde