Secretaria de Saúde de Chapecó não identifica variante da Covid-19

Diante da situação, novas medidas serão anunciadas nesta sexta-feira (12) em coletiva de imprensa marcada para as 10h

Após hipóteses terem sido levantadas para explicar o aumento no número de casos de Covid-19 em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, nas últimas semanas, a Secretaria Municipal de Saúde emitiu uma nota na tarde desta quinta-feira (11).

Secretaria de Saúde não identifica variantes da Covid-19 até o momento – Foto: Diário do Iguaçu/Arquivo/NDSecretaria de Saúde não identifica variantes da Covid-19 até o momento – Foto: Diário do Iguaçu/Arquivo/ND

Diante das especulações sobre esse crescimento de contaminados, a Secretaria de Saúde informa que não foram identificadas variantes da Covid-19 até o momento e nem pacientes com essa suspeita.

Chapecó lançou um alerta sobre a necessidade de coleta de pacientes que tenham viajado para o Reino Unido, África ou Estados do Norte do Brasil, nos últimos 30 dias.

Esses pacientes serão triados e amostras serão enviadas a Florianópolis para genotipagem. Porém, até o momento, não foi realizada coleta, pois não foram identificados pacientes que teriam viajado para essas localidades.

O governo municipal promoveu uma reunião na tarde desta quinta-feira (11) e novas medidas serão anunciadas na sexta-feira (12). A coletiva de imprensa está marcada para as 10h.

Santa Catarina confirmou, nesta quinta-feira (11), o primeiro caso da nova variante do coronavírus no Estado. Até agora, sabe-se que a pessoa contaminada esteve em Joinville.

Atualmente, Santa Catarina investiga 21 casos suspeitos da nova variante.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde