Secretário de Saúde de SC promete ‘novo cenário’ no Oeste com 22 leitos

Em coletiva de imprensa, André Motta, afirmou que equipe fará uma 'fotografia' da atual situação na região. Governador Carlos Moisés (PSL) deve visitar o Oeste nesta terça-feira (16)

Ampliar a oferta de leitos de UTI Covid-19 (Unidade de Terapia Intensiva) e reforçar o trabalho em conjunto com os municípios do Oeste de Santa Catarina. Essas foram algumas das ações de enfrentamento à pandemia apresentadas pelo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, nesta segunda-feira (15), no Centro Integrado de Operações instalado na sede da DC (Defesa Civil) em Chapecó.

Local do radar meteorológicoLocal fica ao lado do Radar Meteorológico Oeste, em Chapecó – Foto: Willian Ricardo/ND

Motta garantiu que 22 novos leitos de terapia intensiva serão instalados no HRO (Hospital Regional do Oeste) até o próximo fim de semana. A região vive um colapso no sistema de saúde por conta do novo coronavírus e 121 pacientes já foram transferidos para unidades hospitalares de outras regiões catarinenses por falta de vagas nos hospitais. “Temos uma expectativa gigante de que em um curto espaço de tempo podemos ter os melhores resultados obtidos no que se refere à estruturação”, disse o secretário da Saúde. 

O Centro Integrado de Operações vai concentrar as equipes para tratar das ações de enfrentamento à doença. “É uma região que está muito demandada e estamos aqui para somar esforços e fazer uma fotografia para trazer resultados e construções para reduzir o sofrimento que esse vírus cruel está trazendo. Essa estrutura permanece enquanto houver necessidade da presença mais firme do Estado na região”, completou.

O secretário garantiu que, se necessário, os pacientes serão transferidos para outras cidades de Santa Catarina, uma vez que a situação mais crítica de falta de vagas se concentra no Oeste do Estado. Ele deu exemplo da região Sul catarinense que disponibiliza leitos. “Apesar de Chapecó e a região estarem com 100% da ocupação dos leitos, nós temos uma regulação muito robusta que trás a segurança de transportar pacientes para as unidades do entorno”, afirmou Motta. O Estado conta com 56 hospitais em sete macrorregionais.

Secretário de Saúde André Motta RibeiroOs secretários da Saúde, André Motta Ribeiro, e o chefe da Casa Civil, Eron Giordani, estão no município com o superintendente do Ministério da Saúde em SC, Rogério Ribeiro – Foto: Julio Cavalheiro/Secom/ND

O superintendente do Ministério da Saúde em Santa Catarina, Rogério Ribeiro, informou que o Governo Federal está trabalhando na articulação das ações no combate a doença no Oeste, juntamente com o Governo do Estado. “O Governo Federal por meio do MS está acompanhando a situação presencialmente de forma estratégica para garantir os recursos e insumos necessários para o enfrentamento da doença. Estamos articulando em Brasília para acelerar a disponibilidade dos recursos”, salientou.

João Rodrigues (PSD), prefeito de Chapecó, enfatizou o apoio do Governo do Estado em coordenar as ações de enfrentamento à Covid-19. “Hoje iniciou algo que dará resultado, que não é discurso e sim atitude. Em parceria com o Estado e o Governo Federal nós vamos fazer a nossa parte”, disse.

Novas ações

Em uma reunião durante a tarde, no Cigerd Regional de Chapecó, foram montados grupos de trabalhos com a participação de integrantes da Regional de Saúde, prefeitura de Chapecó, CIR (Comissão Intergestores Regional), da Defesa Civil, Samu, Corpo de Bombeiros Militar e Hospital Regional do Oeste.

Cada grupo é responsável por uma área específica, como transferência de pacientes entre hospitais ou UPAs e busca de profissionais para o aumento dos leitos de UTI. A intenção é unir forças para atender as necessidades da região.

Para o enfrentamento ao novo coronavírus, o Governo de SC distribuiu mais de 700 respiradores e monitores, além de insumos suficientes para o aumento em 160% da rede de UTI adulto nas unidades hospitalares catarinenses.

O governador, Carlos Moisés (PSL), chega a Chapecó, nesta terça-feira (16) para definir, junto ao gabinete de crise, novas ações de enfrentamento à pandemia da Covid-19.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde