Cacau Menezes

cacau.menezes@ndtv.com.br Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo


Secretário trapalhão vira piada com um ‘novo’ velho decreto

E quem vai pagar o prejuízo?

Decreto de hoje já era conhecido e não trás nada de movo, apenas uma maneira de corrigir o erro da semana – Foto: Jornal NDDecreto de hoje já era conhecido e não trás nada de movo, apenas uma maneira de corrigir o erro da semana – Foto: Jornal ND

Inconsequente, irresponsável e mal intencionado, para não dizer outras coisas.  dois dias depois de aparecer na  mídia, como gosta muito de fazer, embora sem muita consistência,  botando terror no trade turístico e nas pessoas, causando, no mês de abertura da temporada, com os números de Covid zerados no Estado,  um prejuízo incalculável aos  empresários que investiram pesado nos eventos de verão, sem falar no problema que gerou para o próprio governo com gritaria dos prefeitos do litoral e do interior, o secretário da Saúde do Estado teve que voltar atrás na “brincadeira”, esclarecendo agora ´que a Saúde não proíbe promoções de grandes eventos, “desde que sejam aplicados protocolos sanitários já conhecidos, como uso de máscaras”. Ou seja, de novo  esse decreto não tem nada. Mas esse novo xerife da cidade só faltou combinar com o governador, que liberou a Ressacada domingo passado para 17 mil pessoas e também estava lá sem máscara, na mesma semana que o seu próprio governo deu liberdade para quem, em lugares abertos, quisesse ou não usar máscaras, como fez muito bem Carlos Moisés.
Pede pra sair senhor, volte para o seu postinho médico e para de atrapalhar nosso Estado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...