Semana começa com restrições em 209 cidades de SC; confira

Nove regiões catarinenses estão classificadas como em risco gravíssimo para a Covid-19 e, com isso, 83,5% da população catarinense passa a ter restrições nesta semana

O aumento no número de casos confirmados e mortes em decorrência do coronavírus no Estado fez com que o Governo de SC ampliasse as medidas de restrição e isolamento social no Estado.

Medidas de isolamento social são ampliadas em novo decreto publicado no dia 31 de julho – Foto: Anderson Coelho/ND

Depois de ver o número de regiões consideradas em risco gravíssimo para a pandemia, o governador Carlos Moisés assinou, na sexta-feira (31), novo decreto, que amplia as restrições para 209 dos 295 municípios catarinenses.

Com isso, 83,5% da população catarinense passa a ter medidas de isolamento social mais duras a fim de frear a propagação do vírus e a letalidade da doença.

Além das regiões Carbonífera, Grande Florianópolis, Foz do Rio Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Região de Xanxerê e Nordeste, que terão as medidas prorrogadas, as do Alto Uruguai, Alto Vale do Itajaí e Planalto Norte, passam a ter medidas mais duras conforme o decreto 762, do dia 31 de julho.

Veja as restrições

Transporte: O novo decreto amplia a suspensão do transporte coletivo urbano municipal e intermunicipal de passageiros por sete dias a partir desta segunda-feira (3). Ou seja, pelo menos até o dia 10 de agosto, os ônibus estão proibidos de circular realizando o transporte de passageiros em todas as regiões classificadas como em risco gravíssimo.

Espaços públicos: A determinação de proibição de permanência e concentração de pessoas em espaços públicos, como praças e parques, passou a valer no sábado (1º) e se estende por sete dias, até o dia 8 de agosto.

+

Saúde