Sobe para dez o número de cidades que liberaram o uso de máscaras no Vale do Itajaí

Novo levantamento mostra quais cidades decretaram como facultativo o uso de máscaras contra a Covid-19

Mais municípios do Vale do Itajaí tornaram facultativo o uso das máscaras pela população. Em novo levantamento feito pela reportagem do ND+ na manhã até a tarde desta terça-feira (8), a região pulou de três para dez cidades que decretaram a liberação do uso do equipamento de proteção contra a Covid-19.

– – Foto: Gustavo Bruning/Divulgação/ND– – Foto: Gustavo Bruning/Divulgação/ND

Agora, além de Indaial, Rio do Sul e Ilhota, os municípios de Guabiruba, Brusque, Balneário Camboriú, Taió, Salete, Lontras e Apiúna também emitiram decretos deixando a população livre para decidir se utiliza ou não as máscaras.

A primeira cidade a se posicionar foi Rio do Sul. Na última quinta-feira (3) o prefeito José Thomé, anunciou em um vídeo o fim do uso obrigatório de máscaras, inclusive em ambientes fechados. Na sequência, Ilhota e também Indaial se posicionaram favoráveis para a liberação.

Durante a segunda-feira (7) o restante dos municípios, entre eles Taió e Balneário Camboriú anunciaram a liberação. A última cidade a emitir um decreto foi Apiúna, que anunciou na tarde desta terça-feira (8).

Nove cidades do Vale do Itajaí liberaram uso de máscarasVale do Itajaí tem nove municípios que tornaram facultativo o uso de máscaras pela população – Foto: NDTV Blumenau

MPSC questiona Rio do Sul sobre decisão

Em contato com a reportagem o MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) explicou que a 9ª Promotoria de Justiça de Rio do Sul questionou o município sobre a decisão.

“Foram solicitadas informações para o município, para análise das providências a serem tomadas e ainda está no prazo do Município responder e tão logo haja resposta a situação será analisada”, escreveu a assessoria em nota.

Decisão repercute entre prefeitos

A decisão dos municípios, no entanto, não é apoiada por todos os prefeitos da região. O prefeito de Ascurra, Arão Josino, se manifestou no último domingo (6) sobre o tema. A cidade faz limite com Indaial e, conforme o prefeito, não irá liberar os equipamentos de proteção.

Em sua fala, Arão disse que as prefeituras não podem liberar o uso de máscara. Segundo ele, existe um decreto estadual que obriga a utilização da máscara em locais fechados. “As regras municipais não podem ser menos restritivas que as do estado, nem do governo federal.”, comentou.

A mesma posição é tomada por Blumenau, maior cidade do Vale do Itajaí. Em nota divulgada na manhã desta segunda-feira (7) o prefeito Mário Hildebrandt se manifestou sobre a cobrança da liberação.

Na nota o prefeito alegou que “não é uma manifestação de vontade e sim uma manifestação de legalidade, que é meu dever enquanto gestor cumprir. Quem faz a liberação sabe que o faz ilegalmente e corre sérios riscos de responder juridicamente por isso. O Ministério Público estadual já tem agido e instaurado ações contra Prefeitos que agem contra o Decreto Estadual”, alegou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...