SP cancela Réveillon e mantém obrigatório o uso de máscaras em locais abertos

Decisão foi anunciada após casos da variante Ômicron serem confirmados no Estado

Mais uma cidade cancelou a realização do Réveillon. Desta vez foi São Paulo que decidiu não realizar a festa da virada. A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (2) pelo secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido.

São Paulo cancela Réveillon após confirmação de casos da nova variante – Foto: Christine Aubé/Pixabay/Divulgação/NDSão Paulo cancela Réveillon após confirmação de casos da nova variante – Foto: Christine Aubé/Pixabay/Divulgação/ND

A decisão levou em consideração um novo estudo divulgado pelo Comitê Científico do Governo do Estado e também a confirmação de casos da Ômicron, nova variante da Covid-19. Atualmente são três casos confirmados. Todos os pacientes, diagnosticados por meio de testes, estão em isolamento.

Máscaras obrigatórias em locais abertos

Baseado na recomendação do Comitê Científico do Governo, Estado de São Paulo decidiu manter o uso obrigatório de máscara em locais abertos para evitar o contágio da Covid-19.

O órgão técnico pediu a manutenção da obrigatoriedade do uso de máscara após o governador João Dória (PSDB) ter solicitado uma nova avaliação na última terça-feira (30).

Na recomendação, o comitê considerou que “há incertezas quanto ao impacto da variante Ômicron às vésperas do fim de ano. Os períodos de Natal e do Réveillon costumam provocar grandes aglomerações, o que facilita a transmissão de doenças respiratórias como a Covid-19”.

Com informações do Portal R7

+

Saúde

Loading...