Sul de SC ultrapassa marca de mil mortes por coronavírus

Nas últimas 24 horas cinco pessoas perderam a vida; três em Criciúma, um em Lauro Muller e outro em Orleans

A região Sul de Santa Catarina ultrapassou neste fim de semana a marca de mil mortes por coronavírus. De acordo com o boletim divulgado neste sábado (5) pela Amrec (Associação dos Municípios da Região Carbonífera) a região já chega a 1.001 óbitos pela doença.

Nas últimas 24 horas cinco pessoas perderam a vida. Três em Criciúma, um em Lauro Muller e outro em Orleans.

Sul de SC ultrapassa 1 mil mortes por Covid-19 – Foto: Divulgação/Prefeitura de CriciúmaSul de SC ultrapassa 1 mil mortes por Covid-19 – Foto: Divulgação/Prefeitura de Criciúma

A cidade de Criciúma registrou mais da metade das mortes por Covid-19 na região desde o início da pandemia, com 512 óbitos. Na sequência aparecem Içara (98), Orleans (67), Urussanga (54) e Cocal do Sul (46).

Ainda segundo o boletim da Amrec, desde o início da pandemia, foram registrados 65.463 casos da Covid-19 nos doze municípios que compõem a região.

Apenas neste sábado (14) foram 139 novos casos da doença confirmados. Por outro lado, o número de curados teve um aumento de 82 novas pessoas e chegou a 62.517, no total.

Ocupação das UTIs

O índice de ocupação das UTIs na região Sul de Santa Catarina está em 95,9%. Das 219 vagas, 210 estão ocupadas, segundo informado pela Secretaria de Estado da Saúde neste sábado (5). Além disso, oito pessoas estavam na lista de espera por um leito.

Mapa de risco

De acordo com a nova atualização do Mapa de Risco Potencial para Covid-19 em Santa Catarina, a região Carbonifera segue em nível gravíssimo. A informação foi divulgada na manhã deste sábado (4) pela Secretaria de Estado da Saúde.

Ao todo, três regiões estão no nível grave (laranja), enquanto ainda há 13 regiões no gravíssimo (vermelho). Por mais uma semana não há cidades no nível alto (amarelo) ou moderado (azul) na matriz.

+

Saúde